Anatel quer facilitar desenvolvimento de Internet das Coisas

Agência abriu tomada de subsídios para discutir mudanças regulatórias que favoreça o avanço de IoT no Brasil.


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) abriu, na última terça-feira (11), uma tomada de subsídios para discutir mudanças regulatórias. O objetivo é facilitar o avanço da Internet das Coisas (IoT) no Brasil. 


Segundo a agência, a medida irá possibilitar “a reavaliação da regulamentação visando diminuir barreiras regulatórias à expansão das aplicações de Internet das Coisas (IoT) e comunicações Máquina-a-Máquina (M2M).”


Ou seja, o órgão regulador não pretende preparar um regulamento de IoT, mas sim remover previsões presentes nos regulamentos vigentes que são considerados entraves à nova onda tecnológica.

A Tomada de Subsídio apresentada pela Anatel indica possíveis alterações de canais de radiofrequência dos Planos Básicos de Distribuição de Canais de Televisão Digital, de Retransmissão de Televisão em VHF e UHF, e de rádios FM e OM. 

Além disso, apresenta documento que aponta possíveis problemas e alternativas. 


LEIA TAMBÉM:



Um desses problemas seria a tributação de Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel) em cima dos dispositivos IoT. 

Essa tributação inibi o desenvolvimento da internet das coisas, mesmo com a redução atual realizada para os dispositivos M2M. Conforme a Anatel, uma das propostas é zerar essa tributação.

Outro tema caro às operadoras brasileiras relacionado à IoT envolve o roaming permanente

Uma das ideias expostas na Tomada de Subsídio é simplificar todo o regulamento de rede virtual e torná-lo mais acessível para outorga.

As contribuições para a Tomada de Subsídio podem ser realizadas até o dia 12 de outubro pelo Portal da Agência, para a Consulta Pública nº 31/2018.

COMPARTILHAR EM:

COMENTÁRIOS MAIS BEM AVALIADOS DO MÊS

55

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

é um chip degustação, esperava o que? rs
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

48

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

dados atualmente não são problemas para as grandes operadoras, e mesmo assim, mta gente não se sente satisfeito, pois a escolha depende de outros fatores tbm. Ex: Oi oferece pacotes gigantescos de dados e sinal ruim…outras não se sentem bem atendidos, ou enfrentam problemas diversos…esses dias o vivo easy prime deu um BO impedindo que fosse realizado chamadas, Claro Flex tem um plano maravilhoso e um aplicativo péssimo…todas tem prós e contras, e cada consumidor tem uma medida do que é mais importante pra si mesmo.
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

42

Consumidor presta queixa contra comercial de Vivo Fibra

Meu deus do céu. Esse povo tá chato demais. Essa geração mi-mi-mi tá um saco.
  • 20/06/2020 by Tauan Fontoura

37

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

A Tim só tem um pouco mais de vantagem no pré pago, devido ter Facebook Twitter e Messenger e whatsapp, agora se começar a regular uso, com certeza a Claro vai ser o melhor plano. Tenho e não troco por nenhuma.
  • 02/07/2020 by Roberto Ramos

37

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

O TIM Black e os planos controle também sofreram essas medidas. Isso vai fazer a Claro roubar os clientes da TIM.
  • 02/07/2020 by Jefferson Rodrigues

COMENTÁRIOS RECENTES DE TODO O SITE

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários