quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Falha de operadora atrasa acionamento de bombeiros durante incêndio

O que você achou? 
Ligações realizadas por moradores só foram recebidas pela corporação quase duas horas depois.

Uma falha de uma operadora de telefonia prejudicou o atendimento do Corpo de Bombeiros a uma casa que se incendiou na cidade de Criciúma, em Santa Catarina, na última terça-feira (21). 

Os moradores da rua José Manuel Alves, local do incêndio, tentaram contatar o Corpo de Bombeiros da cidade por volta das 5h. No entanto, a chamada caia em Florianópolis, segundo informações do site Engeplus. 

Além do 193 (telefone de emergência dos bombeiros), os moradores ligaram para o 190 (telefone de emergência da Polícia Militar), mas o problema se repetiu.

A guarnição do Corpo de Bombeiros só chegou ao local do incêndio por volta das 7h.

O erro foi identificado em perícia realizada pelos bombeiros, que fizeram uma análise de toda a operação. O órgão levantou o histórico de chamadas na Central de Emergências de Florianópolis e de Criciúma. 

LEIA TAMBÉM:


O levantamento identificou a primeira chamada às 6h25, na Central de Florianópolis, e não às 5h, como relatado pelos moradores. 

Conforme a corporação, a operadora entregou a ligação em Florianópolis. A chamada só chegou para Criciúma às 6h57, através de uma ponte que Florianópolis fez com Tubarão e depois de Tubarão com Criciúma. 

É papel da operadora entregar a ligação na Central mais próxima, o que não ocorreu.

Apesar da demora no socorro, ninguém se feriu no incêndio. Um dos moradores da residência, que é dividida em duas kitnets, estima ter perdido mais de R$ 30 mil reais em móveis, eletrodomésticos e equipamentos de trabalho.  

O nome da operadora que cometeu a falha não foi divulgado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.