quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Falha de operadora atrasa acionamento de bombeiros durante incêndio

Ligações realizadas por moradores só foram recebidas pela corporação quase duas horas depois.

Uma falha de uma operadora de telefonia prejudicou o atendimento do Corpo de Bombeiros a uma casa que se incendiou na cidade de Criciúma, em Santa Catarina, na última terça-feira (21). 

Os moradores da rua José Manuel Alves, local do incêndio, tentaram contatar o Corpo de Bombeiros da cidade por volta das 5h. No entanto, a chamada caia em Florianópolis, segundo informações do site Engeplus. 

Além do 193 (telefone de emergência dos bombeiros), os moradores ligaram para o 190 (telefone de emergência da Polícia Militar), mas o problema se repetiu.

A guarnição do Corpo de Bombeiros só chegou ao local do incêndio por volta das 7h.

O erro foi identificado em perícia realizada pelos bombeiros, que fizeram uma análise de toda a operação. O órgão levantou o histórico de chamadas na Central de Emergências de Florianópolis e de Criciúma. 

LEIA TAMBÉM:


O levantamento identificou a primeira chamada às 6h25, na Central de Florianópolis, e não às 5h, como relatado pelos moradores. 

Conforme a corporação, a operadora entregou a ligação em Florianópolis. A chamada só chegou para Criciúma às 6h57, através de uma ponte que Florianópolis fez com Tubarão e depois de Tubarão com Criciúma. 

É papel da operadora entregar a ligação na Central mais próxima, o que não ocorreu.

Apesar da demora no socorro, ninguém se feriu no incêndio. Um dos moradores da residência, que é dividida em duas kitnets, estima ter perdido mais de R$ 30 mil reais em móveis, eletrodomésticos e equipamentos de trabalho.  

O nome da operadora que cometeu a falha não foi divulgado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.