Anatel notifica operadoras por serviços ruins

COMPARTILHAR:

Serviços oferecidos pela Claro, Oi, TIM e Vivo no município de Coari, no Amazonas, estavam fora dos padrões de referência.


Claro, Oi, TIM e Vivo foram notificadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por oferecerem serviços críticos e fora dos padrões de referências na cidade de Coari, localizado a 363 quilômetros de Manaus.


A agência deu um prazo de 15 dias para que as quatro maiores operadoras do país possam sanar os problemas de telefonia móvel e internet no município amazonense.


A Anatel foi acionada sobre o serviço de baixa qualidade no município pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB).

A senadora disse, após visitar a cidade no mês passado, que os serviços de Coari eram péssimos, causavam transtornos e prejudicavam a economia local.

Segundo o site A Crítica, o presidente do órgão regulador, Juarez Quadros, encaminhou um ofício à senadora com todos os informes da Superintendência de Controle de Obrigações (SCO).

O documento enfatiza que as operadoras Oi, Claro e Vivo devem obrigatoriamente atender a cidade com a tecnologia 3G e a TIM com a rede 4G.


LEIA TAMBÉM:


No entanto, nenhuma das operadoras cumpre o que estabelece o acordo. 

Segundo a agência, a Claro e a Vivo possuem uma taxa de conexão de voz fora da referência, indicando a existência de congestionamento na rede local das duas operadoras. 

A fiscalização constatou ainda congestionamento, desconexão e quedas das chamadas da TIM.

A conexão de dados 2G da Oi, TIM e Vivo também apresentaram resultados fora da referência. Os serviços da Oi e Vivo são os mais críticos. 

“Convém informar que estão sendo instaurados Processos de Acompanhamento e Controle (PAC) por parte desta Agência e, neste contexto, serão cobradas das prestadoras ações de melhorias para os municípios que apresentam indicadores críticos, como é o caso de Coari”, diz o documento da Anatel.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
6 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários