Leilão de ativos da Cemig Telecom é adiado para o dia 8 de agosto

Adiamento visa à conceder prazo maior para os licitantes avaliarem as informações recebidas.


O leilão público para a disputa
dos ativos da Cemig Telecom foi adiado para o dia 8 de agosto. A licitação
estava marcada para o próximo dia 25.


O adiamento foi feito para
conceder aos licitantes maior prazo para avaliarem informações oferecidas,
conforme comunicado da estatal ao mercado na última segunda-feira (9).


A licitação faz parte de um plano
de desinvestimentos da elétrica que visa à reduzir sua enorme dívida.

O processo atraiu o interesse de cerca de 15 empresas, que assinaram acordos de confidencialidade para avaliar o negócio.


LEIA TAMBÉM:



A companhia detém cerca de 15 mil
quilômetros de rede
, o que será estratégico para algumas operadoras que querem
ampliar sua presença, especialmente em internet.

Entre os interessados em fazer
propostas pelos ativos estão TIM, Vivo, Oi, Claro, Algar, Vogel, Cimcorp,
Globenet, American Tower e a italiana Enel.



O preço mínimo da companhia é de R$ 367 milhões e a venda da Cemig Telecom, que está sendo assessorada pelo Bradesco BBI, será feita em dois lotes – estratégia adotada para atrair um número maior de investidores para o leilão.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de