quarta-feira, 27 de junho de 2018

Vivo ganha prêmio na França pela campanha #MyGameMyName

O que você achou? 
Operadora foi premiada com ‘Leões’ de bronze e prata no Festival Internacional de Criatividade de Cannes 2018, ao tratar tema de igualdade de gênero.

Durante o Festival Internacional de Criatividade de Cannes 2018, principal premiação do mercado da publicidade mundial, que aconteceu neste mês, em Cannes/França, a Vivo ganhou dois Leões (como são chamados os prêmios) com a campanha #MyGameMyName (na tradução: Meu Jogo, Meu Nome).

A iniciativa foi liderada pela ONG Wonder Women Tech e idealizada pela agência Africa, que também mostrou, em um vídeo de 2:23 minutos de duração, o cenário de abuso e opressão que mulheres gamers sofrem no universo dos jogos on-line.



A Vivo não conquistou nenhum Leão de Ouro, mas ganhou um Leão de Bronze na categoria ‘PR’ e um Leão de Prata em ‘Glass: The Lion For Change’, uma categoria que reconhece trabalhos que defendem a equidade gênero. 

O vídeo pode ser assistido através deste link, mas vale lembrar que, por ser divulgado internacionalmente, está em inglês. Ele mostra, entre as imagens de gamers mulheres e uma carta narrada por uma mulher à indústria de games, dados que dizem, por exemplo, que cerca de 50% de gamers são mulheres e 94% delas sofreram algum tipo de assédio on-line, o que as fazem se esconder e usar nomes falsos de homens para poderem jogar.

LEIA TAMBÉM:

A campanha em parceria com a Vivo, no caso, faz o inverso: convidou os maiores jogadores homens para jogarem com nicknames femininos por um dia inteiro. Assim como eles, seus seguidores fizeram a mesma experiência e comprovaram o problema enfrentado pelas mulheres. O projeto resultou em mais de 200 mil interações nas redes sociais em uma semana, inclusive das empresas de games.

“Nossas vozes estão finalmente sendo ouvidas, mas ainda não é o suficiente. É hora de perceber que assédio em jogos é simplesmente inaceitável como é no mundo real. É hora de nunca mais se esconder de novo”, diz a narradora no fim do vídeo.

O projeto também foi finalista nas categorias ‘Social & Influencer’ e ‘Sustainable Development Goals’. Em 2018, o Brasil superou o número de 99 Leões conquistados no Festival, chegando a um total de 101 prêmios, dois deles da operadora.

Fora os Leões, a Vivo informou que o filme #Repense, lançado em dezembro de 2017 e com criação da Y&R, ficou em duas shortlists: ‘Creative Date’ – pelo uso da ferramenta Vogon para entrega customizada da comunicação –, e na categoria ‘Media’. Ele convida o público a refletir sobre diferentes possibilidades e a viver menos os padrões e conceitos pré-estabelecidos, e registrou 30 milhões de visualizações no YouTube.


Nenhum comentário:

Postar um comentário