InícioNotíciasVivo divulga resultados de ações em Relatório de Sustentabilidade

Vivo divulga resultados de ações em Relatório de Sustentabilidade

Operadora destaca os 2,5 milhões de visitantes no portal Dialogando, além de números em vendas sustentáveis e diversidade em quadro de funcionários.

A Vivo divulgou, na última semana, seu Relatório de Sustentabilidade do ano de 2017. Entre os principais destaques, esteve a plataforma “Dialogando”, criada para estimular o uso consciente das tecnologias e da internet, e que, neste mês, chega a 2,5 milhões de visitantes.

Os temas do portal, lançado no Brasil, mas expandido para outros 14 países onde a Telefônica atua – sob a marca Vivo e Movistar –, incluem cyberbullying, segurança, lixo digital, exposição nas redes sociais, diversidade, celular no trânsito, crianças na internet e tecnologia na educação. Em fevereiro, a campanha #ChegaDisso envolveu um vídeo sobre LGBTfobia






No ano passado, foi lançada uma versão em espanhol do site, que permitiu reconhecimentos como o da revista espanhola Actualidad Económica, que a elegeu como uma das melhores ideias de 2017, além do prêmio espanhol Diversa Global, por conteúdo de relevância para a comunidade LGBT, e o prêmio brasileiro Aberje, na categoria Mídia Digital. O Dialogando já está disponível no Brasil, na Espanha, Chile, Argentina, Equador, México, Peru, Uruguai, Venezuela, Colômbia, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, Guatemala e Panamá.

Venda sustentável 

Outras iniciativas da Vivo incluíram a “Venda Sustentável”, que permite que clientes leiam e assinem contratos de forma digital, e a própria “Conta Digital”. Foram 7,8 milhões de assinaturas digitais em 2017 e houve um crescimento de 83% no número de adesões em planos móveis e 140% no fixo. Segundo a Vivo, as iniciativas evitaram a impressão de 248 milhões de folhas de papel no ano passado.

Reciclagem

O “Recicle com a Vivo”, que coleta celulares, carregadores e baterias, funciona desde 2006 e já recolheu 4,8 milhões de itens, o que garantiu a destinação adequada de 100 toneladas de resíduos. Em 2017 foram 122 mil itens.

Cobertura


A Vivo aproveitou para destacar que, em 2017, ampliou sua rede 4G para 2.084 novas cidades brasileiras e estendeu o serviço de fibra ótica para 16 novos municípios. Também falou positivamente sobre o app “Meu Vivo”, que permite a melhor qualidade nos serviços de seus clientes e foi baixado mais de 28 milhões de vezes desde seu lançamento.

“O cliente dá muita atenção à qualidade e à cobertura de nosso sinal, por isso, em 2017, investimos R$ 8 bilhões na expansão de nossa rede. Mas sabemos que a percepção de qualidade dos clientes vai muito além da rede. Por isso, implantamos 90 projetos em diversas áreas da companhia a fim de melhorar sua percepção de nossos serviços e, como resultado, atingimos o melhor Índice de Satisfação do Cliente de nossa história”, disse o diretor presidente da Vivo, Eduardo Navarro.


LEIA TAMBÉM:

Diversidade e mulheres em cargos de liderança

Outro destaque está no lançamento da Política Global de Diversidade e Inclusão da Telefônica, com adesão da alta liderança, sensibilização dos gestores e mudanças no processo de recrutamento e seleção. 
A empresa avançou de 15% para 18% o número de mulheres em cargos de liderança. A ideia é garantir avanços progressivos em todos os níveis hierárquicos, com o desafio de atingir 30% até 2020.
Um vídeo publicado em março, também do portal Dialogando, já adiantou como a operadora quer atrair mulheres para a empresa e para o mercado tecnológico.
A empresa fechou 2017 com um total de 33.622 colaboradores, divididos da seguinte maneira:
  • 118 em cargos diretivos – 82% homens e 18% mulheres
  • 3.467 em mandos intermediários – 69% homens e 31% mulheres
  • 30.037 em outros níveis funcionais – 57% homens e 43% mulheres

Energia renovável

Para se tornar mais sustentável, a Vivo registrou em 2017 um aumento de 20% na utilização de energia de fontes renováveis adquiridas no mercado livre, passando de 388 para 464 Gigawatt-hora. As metas globais do grupo visam a eficiência operacional, financeira e ambiental e tem como finalidade que a Telefônica seja abastecida com 100% de energia proveniente de fontes renováveis até 2030. 
A operação brasileira responde por cerca de 28% da energia utilizada pelo grupo e é considerada fundamental para o cumprimento das metas de eficiência, energia renovável e baixa emissão de carbono.
No Brasil está a maior rede de telecomunicações da empresa, com mais de 97,8 milhões de acessos na operação fixa e móvel. A Vivo já registra 26% do consumo seu consumo de energia proveniente de fontes renováveis, considerando-se a compra direta obtida no mercado livre.

Relatório completo

Todo o relatório da Vivo foi elaborado com a metodologia Global Reporting Initiative (GRI) e do International Integrated Reporting (IIRC), e também pode ser acessado em formato de hotsite interativo, disponível em https://vivo.tl/relatoriosust_2017.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários