terça-feira, 15 de maio de 2018

Só em abril, mais de 500 mil pessoas trocaram de operadora

O que você achou? 
Número de portabilidades numéricas no Brasil foi 36% maior do que no ano passado.

A operadora aumentou o preço? Mudou a oferta? A “do vizinho” ofereceu mais benefícios? Então vamos trocar o chip! Cada dia mais brasileiros têm pensado assim e utilizado o benefício da portabilidade numérica, conforme mostrou o relatório da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom) desta terça-feira (15). Somente em abril, 507 mil pessoas trocaram de operadora.

O número é 36% maior do que em abril de 2017, quando o balanço registrou 371.312 trocas. Neste ano, os 15 primeiros dias de abril marcaram a portabilidade de 243.226 pessoas e, nos outros 15 dias, foram 264.115. O número é gradativo e mostra que, a cada dia que passa, mais e mais pessoas decidem migrar para testar uma nova rede, priorizando o seu número.



No compilado de janeiro a abril de 2018, o número total de portabilidades numéricas superou os 2 milhões: 2.034.741. Nesse mesmo período em 2017, foram 1.579.644 de trocas, o que mostra um aumento, em 2018, já de 29%.

O aumento também está presente na comparação mês a mês:



LEIA TAMBÉM:

Considerando também o mês de maio, com esses 15 dias que passaram, o total de pedidos de portabilidade no Brasil foi de 2.647.675 neste ano e 2.266.297 já foram efetivadas também em 2018. Desse total, 1.744.345 de linhas são móveis e 521.952 são fixas.

Apesar de o ano passado ter batido o recorde no pedido de troca de operadoras, com 7 milhões de pedidos e 5,8 milhões de portabilidades realizadas, tudo indica que este ano vai superar em número de troca, que pode ser feita nos 67 DDDs disponíveis, sem nenhum custo adicional para o cliente.

Muito dessa tendência vem dos benefícios que algumas operadoras oferecem para o cliente que opta pela mudança. A Claro, por exemplo, oferece até 1GB extra para quem vem da concorrente para o seu plano controle, e até 20GB bônus no pós-pago. Nos casos de pedido de portabilidade, a Oi também tem estratégias próprias para reter os clientes, conforme já divulgamos no Minha Operadora.

E bem que queríamos saber quantos clientes foram para a Claro, para a TIM, Vivo, Oi ou Nextel por meio da portabilidade numérica, mas este é um dado que não é informado pelas operadoras.


2 comentários:

  1. Fui um desses e me arrependi. Saí da Vivo para a Oi em Abril. O plano era melhor, com muito mais dados e o valor mais em conta. Todavia, a Oi não cumpre com o contrato, nem com reclamação na Anatel resolvem, a ponto de falar na minha cara que o contrato estava errado. Resultado: voltei para a Vivo.

    ResponderExcluir
  2. Não consigo entender pq a única operadora q não facilita a portabilidade através de APP ou SMS é a Oi.
    Obrigando seu futuros clientes se deslocar até uma loja própria para ter um demorado atendimento e horas de espera.

    ResponderExcluir