Anatel autoriza compartilhamento de sinal entre TIM e Vivo

Objetivo é levar telefonia fixa e móvel para áreas rurais e afastadas do Brasil.



A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) permitiu que Vivo e TIM compartilhem as redes de telefonia entre si. Nesta sexta-feira (20), a agência publicou as outorgas da Telefônica, responsável pela Vivo, de radiofrequências associadas ao serviço móvel já solicitadas para a TIM.


Essas concessões fazem parte de um contrato de compartilhamento previsto no edital de faixas de 450 MHz e 2,5 GHz. Da mesma forma, a TIM poderá utilizar a rede já instalada da Vivo para alcançar mais clientes em áreas afastadas.


O objetivo do compartilhamento de rede é que a internet possa chegar em áreas rurais e mais afastadas do Brasil. Além do serviço móvel, a coparticipação deverá atingir também o atendimento de telefonia fixa, além do serviço de telefonia móvel.


LEIA TAMBÉM:


As frequências que serão usadas estão nas faixas de 800 MHz, 1,9 GHz e 2,1 GHz. As autorizações são válidas até novembro de 2020, mesma data de validade do acordo de compartilhamento de rede.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
8 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários