sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Telefone fixo em casa? 1,2 milhão de linhas a menos em 2017

O que você achou? 
Algar Telecom foi disparada a operadora que mais conseguiu aumento em sua base ao longo do ano, mas tendência ainda é de queda no fixo.

Depois de divulgar os dados finais de 2017 de celular, banda larga e TV por assinatura, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) acaba de atualizar, nesta sexta-feira (2), os dados referentes ao crescimento de telefonia fixa.

Crescimento, não. Da baixa registrada, uma vez que foram 1,2 milhão de linhas a menos no Brasil em relação a dezembro de 2016. O ano de 2017, no caso, fechou com 40,8 milhões de linhas em operação. 



Segundo os dados, a Algar Telecom foi a operadora líder em crescimento entre as autorizadas da telefonia fixa em 12 meses, enquanto a maior queda foi da Claro:


  1. Algar Telecom: 85,8 mil (+34,47%)
  2. Oi: 3,3 mil (+2,06%)
  3. Vivo: 11,6 mil (+0,24%)
  4. TIM: -9,6 mil (-1,4%)
  5. Claro: -249,2 mil (-2,24%)

LEIA TAMBÉM:

Entre as concessionárias, a Algar também foi a que maior apresentou crescimento no ano, com 22,5 mil unidades (+3,07%), a Claro com 0,1 mil (+7,06%), enquanto Oi teve redução de 837,3 mil linhas (-5,91%) e a Vivo menos 291,4 mil (-3,01%).

NOVEMBRO E DEZEMBRO

De novembro para dezembro de 2017, os resultados de crescimento ficaram da seguinte maneira:

Autorizadas
  1. Algar Telecom: 8,4 mil unidades (+ 2,58 %)
  2. TIM: 2,4 mil (+0,35%)
  3. Claro: -12,8 mil linhas (-0,12%) 
  4. Oi: -12,5 mil (-7,15%)

Concessionárias
  1. Algar Telecom: 1,6 mil (+0,21%)
  2. Vivo: -38,5 mil (-0,41%)
  3. Sercomtel: -0,8 mil (-0,43%)
  4. Oi: -80,5 mil (-0,60%)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.