Saída do CEO da Oi é preocupante, diz presidente do BNDES

Banco é acionista e um dos principais credores públicos da operadora.

Durante um congresso em São Paulo, nesta segunda-feira, 27, o presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Paulo Rabello, afirmou que a saída de Marco Schroeder do cargo de presidente da Oi é preocupante para o andamento do processo de recuperação judicial da operadora. 

Segundo Rabello, a renúncia de Schroeder torna ainda mais difícil a formatação de um plano de recuperação judicial que agrade a acionistas e credores. O BNDES é um dos acionistas e um dos principais credores públicos da empresa



Junto com a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, a instituição já conseguiu adiar por duas vezes a assembleia de credores da Oi na Justiça. O encontro que deveria ter sido realizado em outubro ou no início deste mês, agora está marcado para 7 de dezembro.


Marco Schroeder entregou sua carta de demissão ao Conselho de Administração da Oi na última sexta-feira, 24. No mesmo dia, a operadora anunciou que Eurico de Jesus Teles Neto, diretor jurídico da empresa, assume o cargo de presidente interino, até que um novo CEO seja designado pelo conselho.  

LEIA TAMBÉM:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*