Oi TV vai tentar comprar SKY, afirma jornal carioca

Elas já foram parceiras, mas hoje são inimigas ferrenhas. Isso está para mudar muito em breve com uma proposta que a Oi deve apresentar para a dona da SKY.

Na próxima reunião do Conselho de Administração da Oi, uma pauta bilionária será jogada na mesa de executivos: um pacto com a Sky, segunda maior empresa de televisão por assinatura do Brasil. As informações foram reveladas por uma fonte sigilosa ao jornal O Globo.

Você pode até se perguntar: se a Oi está no meio de um plano de recuperação judicial e com dívidas gigantescas, como vai arrumar dinheiro para fazer uma aliança com a Sky? É exatamente para isso que a fusão entre as empresas vai servir, conseguir a tão sonhada consolidação de mercado que a Oi procura há algum tempo. Ela já tentou se unir a TIM, e não conseguiu, tentou se unir com Claro e Vivo para comprar a TIM, mas não deu certo, e no ano passado, os executivos do banco BTG Pactual – responsável por gerir o plano de recuperação judicial da Oi – já haviam ido aos Estados Unidos para apresentar uma proposta à AT&T pelo controle da Sky, mas também sem sucesso.



Mas, ainda de acordo com o veículo de comunicação, dessa vez as chances de êxito na negociação são grandes, visto que a Sky é uma propriedade da operadora norte-americana AT&T, que está em processo de aquisição do conglomerado de mídia Time Warner, dono da Turner Broadcasting System, por sua vez controladora de canais como Esporte Interativo, TNT, Cartoon Network e HBO no Brasil.

Em nosso território, para evitar que uma operadora promova benefícios a determinados canais, em detrimento de outros, a lei federal prevê que não é permitido que uma operadora de televisão seja também programadora de conteúdo. Portanto, adquirindo a Warner, a AT&T terá de decidir entre manter operando a Sky ou a Turner no país, e é muito provável que continue com a Turner, visto que a Warner já é uma companhia global consolidada.

“A solução da Oi a médio e a longo prazo é a consolidação, sempre foi”, confirmou a fonte.

Se unindo com a Oi TV, a SKY faria crescer a sua participação de mercado, sairia dos atuais 28,15% e teria 34,79% de fatia e 6,59 milhões de clientes. Ficaria apenas atrás do grupo NET/Claro TV, que hoje tem 9,87 milhões de assinantes e 52,11% de market share.

Leia também:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
10 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários