Vivo reina mais uma vez e lidera crescimento do celular em agosto

Vivo mostrou mais uma vez que é “rainha” e sabe o que está fazendo. Líder isolada em participação de mercado e ganhos de clientes em agosto. Veja os dados.

Se tem uma operadora que a concorrência do setor de telefonia móvel precisa se espelhar, o nome dela é Vivo S.A.. Ela possui os planos mais caros, é verdade, mas ostenta uma infraestrutura de dar inveja a qualquer outra companhia, com “cobertura que chega aonde as outras não chegam”. Pelo visto, é disso que o consumidor brasileiro gosta – gastar mais para ter um serviço melhor. Por que estamos dizemos isso?

Novo relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apontou que a Vivo foi a operadora que mais ganhou clientes no mês de agosto de 2016. Foram 87.510 usuários que se cadastraram em algum plano da empresa.

A Nextel, outra operadora considerada cara e que vende somente planos de conta (pós-pagos) também teve um saldo positivo de assinantes: 14.013.

Agora a TIM, quem diria, a empresa que quer ser “a operadora mais querida do Brasil“, vem amargando sucessivas derrotas, mesmo com planos e promoções mirabolantes e que oferecem benefícios nunca antes vistos no mercado. Atenção para a nova queda da TIM em agosto: 70.258 linhas desativadas ou migradas para a concorrência.

Outra que acompanhou a TIM nos planos generosos – com mais internet e minutos para outras operadoras – foi a Oi, e ela, coitada, também perdeu muitos clientes em agosto: -210.822.

A Claro é uma operadora intermediária, não sabe de qual lado fica. O nosso leitor Marcello tem razão ao observar, em comentário no nosso post anterior, que “a Claro precisa se decidir se copia a Vivo ou Tim/Oi. Tentar misturar as duas ficou bizarro!”. E pelo visto é isso o que mais pessoas acham. A Claro teve a maior perda de clientes de todo o setor de telefonia móvel no oitavo mês do ano: 335.985 usuários simplesmente abandonaram a operadora. Uma situação nada agradável, que deixa a TIM mais perto de recuperar a sua vice-liderança, perdida em junho.


Com apenas duas empresas sustentando o crescimento da telefonia móvel, é de se esperar que o setor tenha apresentado um mau desempenho nos 31 dias de agosto. Ainda de acordo com a Anatel, 492.357 linhas de celular deixaram de operar, totalizando 252.081.484 acessos. São 122,30 linhas para cada 100 habitantes.

Leia também:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
18 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários