Operadoras pedem para adiar 4G no Brasil

Após pedidos de adiamento por parte de grandes empresas de telecomunicações, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que o leilão da faixa de 2,5 gigahertz (GHz) – voltada para celulares 4G – só será postergado se as empresas conseguirem convencer a presidente Dilma Rousseff. A licitação está prevista para abril de 2012.
Nas últimas semanas, executivos de companhias do setor têm afirmado que as empresas teriam dificuldade em pagar um preço alto pela licença de operação da faixa 4G porque ainda estão realizando investimentos pesados nas redes de 3G.O ministro sinalizou, porém, que o formato do leilão poderá privilegiar o prazo para a implantação das redes e a cobertura oferecida pelas companhias, e não apenas o preço. “Não queremos só arrecadar. Queremos serviço de qualidade, cobertura e prazo para funcionar. Não adianta arrecadar um dinheirão se o serviço não for oferecido para a população”, disse Bernardo.


Segundo o ministro, a intenção do governo é licitar a faixa de 450 megahertz (MHz) – voltada para internet rural via rádio – em outro leilão, previsto para ocorrer na mesma data. Mas Bernardo deixou aberta a possibilidade de vincular as duas faixas em um só processo.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários