sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Youtuber é condenado por ensinar 'a piratear' TV paga

O que você achou? 
De acordo com a ABTA, que moveu à ação contra o Youtuber, as operadoras perdem R$ 6 bilhões por ano em receitas devido à pirataria.

O youtuber Marcelo Otto Nascimento, do canal Café Tecnológico, foi condenado pela 22° Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 25 mil em danos morais à ABTA (Associação Brasileira de TV por assinatura).

O proprietário do canal também teve que remover os vídeos de tutoriais postados em suas páginas no YouTube e no Facebook, onde ensinava usuários a conseguirem acesso gratuito aos canais de TV por assinatura, através de procedimentos e indicação de equipamentos usados para a fraude.

O juiz Fernando Henrique de Oliveira Biolcati condenou Marcelo Otto por entender que o usuário promovia o acesso ilegal a canais de TV por assinatura. O youtuber pode recorrer da decisão judicial e ainda não se posicionou oficialmente.




Em nota à imprensa, a ABTA informou que segue vasculhando as redes sociais e páginas na internet procurando tutoriais que incentivem internautas a cometerem os atos de pirataria. A associação ressaltou que pretende processar individualmente os responsáveis pelo conteúdo.

Na semana passada, a entidade divulgou um estudo feito por sua consultoria afirmando que as operadoras de TV por assinatura perdem R$ 6 bilhões por ano em receitas por conta da pirataria.

LEIA TAMBÉM:


6 comentários:

  1. Tá mais do que certa a condenação, pirataria é crime. Isso não quer dizer que os preços cobrados para assinar TV por assinatura estão dentro do aceitável no Brasil. O setor precisa se reinventar se quiser concorrer com o Netflix por exemplo.

    ResponderExcluir
  2. O que não e crime nesse pais ? O cara postou lá ele não obrigo ninguém fazer fez quem quis ou você quer dizer que se você vê alguem matando uma pessoa você também vai matar porque o outro te incentivou. Mais errado foi quem viu lá e fez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A corda sempre arrebenta pro lado mais fraco nessa merda de pais porque não pune o google por não banir esses apps da loja de aplicativos não pune porque sabe que com o google a historia e diferente prefere punir um coitado que nao tem culpa nenhuma puna a China senhor juiz ela que fabrica os aparelhos puna a google que disponibiliza apps e puna as fabricantes porque caso não saibam em smartphones e.tablete também funciona viu se informem

      Excluir
    2. Naturalmente a corda sempre vai romper no lado mais fraco da história. Concordo com você que mais errado é quem efetivamente faz a pirataria, mas o youtuber está sendo punido por efetivamente incentivar um crime e mostrar como fazê-lo.

      Excluir
    3. O dia todo em filmes vemos pessoas matando outras, quer dizer então que teremos que processar todos estes filmes que ensinam a matar? Ele mostra o video faz quem quer, assim como no filme que mostra violencia, copia a violencia quem quer.

      Excluir
  3. quem liga p essa merda!o cara que tem receptor pirata nunca vai assinar pacote de tv pq é um absurdo de caro por um monte de canal meia boca,.. netflix é outra porcaria...os filmes q sai la como lançamento nem vende mais nas barraquinhas de dvd de tão velho... esses fdp deviam se preocupar com escolas, educação e recurso para o povo...não em porra de canal de tv! aff tnc

    ResponderExcluir