terça-feira, 22 de agosto de 2017

Vivo e Claro lideram em participação e receita no segundo trimestre

O que você achou? 
No segundo trimestre desse ano, as operadoras Vivo e Claro lideraram a maior parte de indicadores no setor. SKY e TIM também se destacaram no período.

Vivo e Claro são os principais destaques do setor de telecomunicações durante o segundo trimestre deste ano. SKY e TIM também se destacaram com o maior crescimento de receita e rentabilidade, respectivamente. OiNextel foram as operadoras que mais sofreram em números no período.

Receita líquida

Vivo teve a maior receita líquida no primeiro semestre deste ano, com R$ 21,3 bilhões; seguida pela Claro, com R$ 17,7 bilhões e Oi, com R$ 11,9 bilhões. A SKY apresentou o maior crescimento de receita líquida (7,1%), acumulando R$ 4,6 bilhões. A TIM também mostrou um crescimento de 2,9%, arrecadando R$ 7,9 bilhões.

A Nextel obteve a menor receita, com R$ 1,5 bilhão, o que explica a queda de 14% na receita líquida da operadora em relação ao mesmo período do ano passado.

Telefonia móvel

Em telefonia móvel, a Vivo conseguiu ter a maior receita, de R$ 6,5 bilhões, e a maior participação de mercado (market share), de 30,7%, ganhando 0,2% de novas adições no segundo trimestre.

A TIM continua na vice-liderança em participação de mercado, com fatia de 25,1%, mas vem perdendo clientes móveis a cada trimestre. A Claro vem tendo um crescimento tímido de adições e ocupa o 3° lugar do mercado, com 24,9% de participação no número de clientes da telefonia móvel.

Segmento Fixo

A Claro Brasil - representada pela NET e Embratel - é líder em receita líquida nos serviços fixos (telefone fixo, banda larga e TV paga), com R$ 5,97 bilhões e o maior market share no mercado fixo (33,1%), um total de 28,9 milhões de acessos. Mesmo na liderança, as empresas do grupo América Móvil tiveram queda de 2,8% na receita, em relação ao segundo trimestre do ano passado.

A Vivo obteve um leve crescimento de 0,1% em participação do mercado fixo e continua na vice-liderança, com 26,9% do setor.

Telefone Fixo

A Vivo ampliou a vantagem em relação a Oi em participação no mercado de telefonia fixa. Ela fechou o segundo trimestre com 14,3 milhões (34,8%) de telefones fixos. A Oi, por sua vez, perdeu 157 mil clientes do serviço no último trimestre, passando a ter 14 milhões (34%) de telefones fixos.

TV por Assinatura

A Oi foi a única operadora que conseguiu números positivos em adições líquidas na TV paga e aumentou a participação dela para 7,5%.

A NET/Claro manteve a liderança em participação de mercado, com 51% dos assinantes, o que representa 9,5 milhões de pontos de televisão por assinatura. No entanto, desde o segundo trimestre do ano passado, a operadora vem perdendo clientes e já acumula uma queda de 1,6% em participação.

Banda larga fixa

A NET/Claro também se manteve na liderança em participação na banda larga fixa, com 31,5% do mercado e cerca de 8,6 milhões de acessos. Ela é seguida por Vivo, com 27,4%, e Oi, com 23,2%. Todas as três operadoras vêm perdendo clientes para outras empresas neste ano.

Margem EBITDA

A TIM assumiu a liderança em margem EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) com crescimento de 3,3% no trimestre, alcançando 35,3%. A Vivo passou a ser vice-líder neste dado, com 33%.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário