quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Sem nostalgia! 'Veja seu perfil do Orkut' é novo golpe no WhatsApp

O que você achou? 
Mais de 500 mil pessoas já receberam a mensagem que promete à vítima matar a saudade da antiga e popular rede social do Google.

Se dez anos atrás você já era um usuário de redes sociais, provavelmente se lembra da febre que foi o Orkut, uma rede filiada ao Google, nascida em 2004 e desativada em 2014. Imagine que nostalgia, então, de saber que pode recuperar a sua conta e até mesmo acessar as fotos para matar a saudade. Acontece que toda essa conversa não passa de mais um golpe do WhatsApp.

Trata-se de mais uma corrente que pede para que você compartilhe um link para pelo menos dez contatos pelo aplicativo de mensagens instantâneas. Ao clicar na página, que promete uma opção para “Ver Perfil”, você é direcionado para três perguntas sobre sua antiga conta e o passo a passo para visualizá-la.

É bem certo que alguns golpes, como o do suposto cupom da rede Mc Donald’s, acabam sendo mais elaborados e difíceis de desvendar, com datas, layouts e logos bem semelhantes aos do estabelecimento original. No caso do Orkut, alguns indícios mostram, desde o início, que tudo não passa de uma farsa.

Por exemplo, quando se escreve “orkute” ao invés de “Orkut”. Ou mesmo quanto ao restante do português escrito incorretamente. E, conforme já sabemos, o Orkut realmente desapareceu de vez de nossas vidas, quando o Google eliminou até mesmo as comunidades e os perfis que ficaram no ar através de arquivos on-line.

Apesar da desconfiança, sabemos que há muitas pessoas, inclusive mais velhas e que ainda estão se adaptando a todas as tecnologias presentes nos smartphones, que ainda caem nessas armadilhas.

De acordo com a empresa de segurança digital brasileira PSafe, mais de 500 mil pessoas já foram “pegas” com esse novo phishing - a maneira com que cibercriminosos te fazem revelar informações pessoais -, que pode, como outros, instalar malwares em smartphones, adquirir dados bancários e inscrever os usuários em serviços pagos de SMS, por exemplo. Por isso, caso você receba uma mensagem como essa, não só ignore, mas também alerte a pessoa que te enviou sobre os perigos de clicar em links não confiáveis.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário