quinta-feira, 1 de agosto de 2013

TIM prepara estratégia de cobertura indoor com small cells

O que você achou? 
A TIM informou que deverá cumprir o planejamento de investimento em capital (Capex) para 2013-2015 de R$ 10,7 bilhões. "Para os próximos dois anos, o planejamento de Capex é bastante viável e racional", afirmou Rodrigo Abreu, presidente da operadora, durante conferência de apresentação dos resultados do segundo trimestre. A única diferença, segundo o executivo, é que haverá variação da alocação dos recursos para áreas prioritárias como small cells. O acordo de compartilhamento com a Oi no 4G, por exemplo, é um dos fatores a possibilitar essa maior diferença na alocação dos recursos, apontou Abreu. 

"O aumento do consumo de tráfego móvel vai elevar a expectativa de qualidade. É indispensavel o aumento de cobertura indoor. E, com a situação de licenciamento de infraestrutura atual, a estratégia de macrocelulas é muito difíciel, demora para executar. Já as small cells trazem maior velocidade de implantação, e ainda ganha capacidade de ser muito especifico em relação à necessidade de cobertura", explicou o executivo. O primeiro roll out de small cells da TIM ocorreu no Rio de Janeiro para fortalecer a infraestrutura durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). 

Segundo ele, ainda não há definição do tipo de small cell a ser utilizada e o investimento forte na tecnologia deve se dar no ano que vem. "Essa é tendencia direcional. Ainda é cedo para dar numeros, mas faz parte dos nosso plano de Capex do ano que vem. Ao longo da evolução poderemos dizer mais das implantações".

Apesar do offload WiFi não ser considerado um modelo de small cells, Abreu citou esse recurso como mais uma oportunidade de garantir uma boa experiência para o usuário. A operadora informou que adicionou mais 50 hotspots no 2T13 e dois novos aeroportos à cobertura, totalizando 19 aeroportos cobertos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário