quarta-feira, 10 de julho de 2013

Claro muda sistema de cobrança no pós-pago

O que você achou? 
A Claro anunciou  um novo sistema de tarifagem para seus planos de dados e de telefonia para clientes pós-pagos. A partir de agora, a escolha do plano passa a ser de acordo com o uso de internet e não mais de voz por minutos.

As novas ofertas acompanham a venda de aparelhos e contemplam planos do novo serviço LTE 4G. A estratégia da Claro vem para recuperar o fôlego da operadora para sua estratégia 4G, que chegou primeiro no país, mas já foi ultrapassada pela Vivo, que somou cerca de 28 mil usuários em junho (o dobro da Claro).

O novo posicionamento da operadora acompanha um movimento dos clientes, que já registram uma maior participação dos clientes nos pacotes de dados.

"Hoje, a cada quatro acessos, três já são feitos através dos dispositivos móveis”, afirma Gustavo Diament, diretor-executivo de marketing da Claro.

Conforme destaca o executivo, atualmente, 59,6% das vendas da operadora são de tablets e smartphones. Segundo ele, não é mais possível pensar em planos que tenham voz como a prioridade.

"Continuaremos customizando nossos planos, com a diferença que agora o nosso foco passa a ser o consumo de dados que o cliente utiliza”, conclui Diament.

Esta customização resultou em uma divisão dos planos da empresa em duas frentes principais: o Claro Online, para os clientes que sempre querem estar conectados pelo celular (internet, wifi, voz e Torpedos), e o Claro Mobi, para quem apenas quer um plano de voz e Torpedos, sem internet.

Para selecionar o plano mais adequeado, os clientes responderão no site da operadora a um questionário sobre seu uso de internet, minutos de voz e torpedos. Conforme destaca a Claro, os planos atuais continuam vigentes até o final do contrato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário