16/06/2024

Ações da Dell caem cerca de 18%; IA deve ter efeito negativo nos lucros da empresa

Fim do mês de maio não tem sido nada agradável para Dell, grande empresa internacional do setor de tecnologias.

As ações da Dell Technologies registraram uma queda de aproximadamente 18% nesta sexta-feira, um movimento atribuído à expectativa de que os investimentos substanciais da empresa em inteligência artificial possam impactar negativamente seus lucros trimestrais.

A Dell, conhecida por sua fabricação de servidores e PCs, está enfrentando a possibilidade de uma redução significativa em seu valor de mercado, estimada em mais de 21 bilhões de dólares, caso essa tendência de perdas persista. Vale ressaltar que, apesar desse declínio recente, as ações da Dell acumularam um impressionante aumento de mais de 80% ao longo do ano até o momento.

Diversas empresas, entre elas a Dell, estão direcionando significativos recursos financeiros para a aquisição de hardware de alto desempenho. Esse investimento é voltado para a expansão de servidores avançados, os quais possuem capacidade computacional robusta, destinada ao processamento de tarefas complexas relacionadas à inteligência artificial (IA). Esse movimento reflete a crescente demanda por tecnologias de IA em diversos setores, levando empresas de diferentes segmentos a buscarem a integração dessas soluções em suas operações.

Os custos associados aos servidores de Inteligência Artificial (IA) estão se tornando um fardo significativo para a Dell devido à alta demanda por esses serviços. Como resultado, espera-se que a margem anual da empresa, sediada em Round Rock, Texas, seja afetada negativamente.

Para o ano fiscal de 2025, a Dell antecipa que seu indicador de margem bruta ajustada diminuirá em cerca de 150 pontos-base. Esse declínio é atribuído em grande parte aos custos elevados relacionados aos servidores de IA, que estão em alta demanda e geram despesas adicionais para a empresa.

Além disso, a previsão da Dell para o lucro ajustado por ação no segundo trimestre é de 1,65 dólar, com uma margem de variação de 0,10 dólar para mais ou para menos. Isso contrasta com a estimativa anterior da LSEG, que era de 1,84 dólar no momento em que a Dell divulgou seus resultados na quinta-feira. Essa divergência sugere uma revisão para baixo das expectativas de lucro da empresa, possivelmente devido aos custos mais altos do que o inicialmente previsto, especialmente relacionados aos servidores de IA.

No primeiro trimestre, as remessas de servidores específicos para inteligência artificial (IA) fabricados pela Dell experimentaram um crescimento significativo, ultrapassando 1,7 bilhão de dólares, mais do que dobrando em comparação com períodos anteriores. No entanto, é importante notar que, apesar desse aumento substancial, essas remessas ainda representaram menos de 7% da receita total da empresa.

Analistas da Morningstar observaram que o mercado parece estar mantendo expectativas demasiadamente elevadas em relação à capacidade da Dell de capitalizar os gastos relacionados à IA. Isso sugere que, apesar do crescimento expressivo nas remessas de servidores para IA, a Dell ainda enfrenta desafios para alcançar um posicionamento significativo nesse segmento de mercado em termos de receita total.

ViaUol
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários