26/05/2024

Embratel faz acordo para fornecer comunicação via satélite para a Aeronáutica

Serviço integra e suporta os CINDACTAs localizados em Brasília (DF), Curitiba (PR), Recife (PE) e Manaus (AM), e centros adicionais.

Nesta segunda-feira (08), a Embratel informou que assinou um contrato com o Comando da Aeronáutica para o fornecimento de serviços de comunicação via satélite. O acordo prevê a cessão, gerenciamento e ativação de meios satelitais por meio da utilização da Banda C, no satélite Star One C3, que possui alta disponibilidade para atendimentos críticos.

Pelo acordo, a Embratel vai fornecer conectividade via satélites para os CINDACTAs (Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), localizados em Brasília (DF), Curitiba (PR), Recife (PE) e Manaus (AM), e centros adicionais.

Gustavo Silbert, Diretor-Executivo da Embratel, conta que “As comunicações via satélite entre as Estações Terrenas do Comando da Aeronáutica e seus centros de controles são fundamentais para a realização do controle de tráfego aéreo em todo Brasil com a segurança e qualidade necessárias”. Segundo o executivo, a Banda C é ideal para a iniciativa, pois é a mais indicada para atividades críticas e essenciais, que exigem uso ininterrupto de sinal.

“Mesmo com condições atmosféricas adversas, como tempestades, a Banda C mantém-se estável para a continuidade dos serviços”, completa Silbert.

O contrato com a Embratel ainda prevê o redirecionamento das estações rapidamente, caso necessário. Assim, é fornecida uma camada adicional de redundância e resiliência aos sistemas de monitoramento aeronáutico, garantindo que as informações sejam transmitidas mesmo em caso de falhas em outros sistemas.

De acordo com o Cap Engenheiro Ronan Souza Freitas, da FAB (Forças Aéreas Brasileiras), garantir a segurança, o controle e a soberania do espaço aéreo é mais do que essencial em um País com dimensões continentais, como o Brasil. “Por esse motivo, o satélite da Embratel e seu suporte diferenciado, atendem nossas necessidades, dada a cobertura do satélite sobre todo o território nacional com seu atendimento 24/7, com ampla disponibilidade”, diz.

“A alta disponibilidade dos circuitos de comunicação é muito importante para permitir o tráfego do grande fluxo de informações que precisamos para suportar as diversas aplicações utilizadas para o gerenciamento do Controle de Tráfego Aéreo”, afirma Freitas.

Sobre a Embratel

A Embratel faz parte da Claro e é um dos principais fornecedores de soluções digitais do Brasil. É uma habilitadora da transformação digital de empresas de todos os segmentos e líder em telecomunicações com sua infraestrutura de alto nível.

A Embratel fornece soluções como Cloud Computing, Data Center, Segurança, Internet das Coisas, Professional Services, Conectividade e Colaboração, Omnichannel, Automação Robótica de Processos, transmissão de dados, vídeo, Internet, telefonia celular e fixa corporativa, longa distância nacional e internacional, além de uma série de outras soluções para apoiar o mercado empresarial na sua jornada de crescimento na nova economia digital.

Atuando no desenvolvimento, implementação e gestão de soluções convergentes, a Embratel é amplamente reconhecida pela entrega de serviços de excelência com foco na experiência dos clientes.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários