12/04/2024

Intel reafirma compromisso de investimento de R$ 100 bilhões em chips

Esse compromisso da Intel foi estabelecido com Estados Unidos após a companhia contar subsídios por parte do Estado.

A Intel reiterou seu compromisso de investir $100 bilhões na fabricação de chips nos EUA ao longo de cinco anos. Isso segue um acordo preliminar com o governo para acessar até $20 bilhões em subsídios e incentivos.

O plano principal da Intel envolve transformar áreas vazias próximas a Columbus, Ohio, em um grande local de fabricação de chips de IA até 2027, conforme anunciado pelo presidente-executivo, Pat Gelsinger.

O CHIPS and Science Act dos EUA, estabelecido em 2022, prevê um financiamento direto de até US$8,5 bilhões para empresas de chips, como parte de um programa destinado a impulsionar a produção doméstica de silício, com um fundo total de US$52 bilhões.

A Intel enfatizou sua posição única como a única empresa americana a projetar e produzir chips lógicos de última geração. O financiamento não vinculante do governo será utilizado para avançar os projetos comerciais de semicondutores da Intel em diferentes estados, como Arizona, Novo México, Ohio e Oregon. TSMC e Samsung também estão competindo por uma parcela do financiamento disponível.

A Intel anunciou que, além do financiamento do fundo criado pelo governo dos EUA, está buscando acordos que a tornariam elegível para empréstimos governamentais de até $11 bilhões e créditos fiscais de até 25% sobre seu investimento planejado de $100 bilhões.

O CEO Pat Gelsinger vê essas medidas como essenciais para manter a empresa e os EUA na liderança da era da inteligência artificial.

A Intel planeja investir em um projeto que poderá gerar 30.000 empregos, incluindo 10.000 internos e 20.000 na construção. Os detalhes específicos do acordo ainda estão sujeitos a negociações e dependem da conclusão bem-sucedida de determinadas metas.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários