18/04/2024

Celular Seguro tem pico de aparelhos bloqueados durante o Carnaval

Segundo balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a segunda-feira de carnaval foi o dia que teve o maior número de solicitações.

De acordo com dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), durante o feriado de Carnaval, o programa Celular Seguro realizou o bloqueio de mais de 2 mil celulares, que foram roubados, furtados ou perdidos. Ao todo foram 2.653 aparelhos bloqueados entre 9 e 13 de fevereiro.

O dia que teve o maior número de solicitações de bloqueio foi a segunda-feira (12), com 636 celulares bloqueados. No primeiro dia de carnaval, na sexta-feira (09), foram 382 bloqueios. Nos dias que se seguiram: sábado (10), domingo (11) e terça-feira (13), foi realizado o bloqueio de 523, 604 e 508 celulares, respectivamente.

Segundo dados, o número de solicitações de bloqueio de aparelhos por meio do Programa Celular Seguro chegou a 22,8 mil na última quarta-feira, 14, representando o dobro do registrado até 11 de janeiro, data do primeiro balanço, que apontou 10 mil alertas ao total.

O programa Celular Seguro foi lançado pelo MJSP, com participação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e as operadoras de telefonia, para facilitar o bloqueio de aparelhos celulares roubados, furtados ou perdidos. Pela plataforma, o usuário pode impedir que terceiros tenham acesso a informações contidas no aparelho, como dados bancários e aplicativos instalados. O serviço funciona por meio de um aplicativo de um site.

Do total de alertas registrados, a maior parte tiveram como motivação o roubo dos aparelhos, com 9.682 casos. Depois, com 7.893, pela prática de furto. Já a perda dos dispositivos registraram 4.345 casos. Em relação aos dados de 11 de janeiro a 14 de fevereiro há um crescimento no uso da plataforma.

Na data de janeiro, foram cadastrados 1.168.070 CPFs, 897.254 telefones, 829.968 pessoas de confiança e 10.369 alertas de bloqueio. Já em fevereiro, os números passaram para 1.543.789 CPFs, 1.204.361 celulares, 1.107.657 pessoas de confiança e 22.802 alertas de bloqueio.

No Celular Seguro, a pessoa pode cadastrar quantos números quiser, desde que a linha esteja vinculada ao CPF do titular da linha para que o bloqueio seja efetivado. Já a pessoa de confiança, o usuário indica alguém que passa a ter a permissão de efetuar os bloqueios, caso o titular tenha o celular roubado, furtado ou extraviado, ou não consiga fazer bloqueio pelo site.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários