21/02/2024

TIM lança programa que oferece desconto na conta de luz para funcionários

Ideia do ‘Clube de Energia’ é incentivar a troca do consumo de energia proveniente do mercado convencional por fontes renováveis.

Buscando engajar ainda mais seus colaboradores no compromisso de preservação do meio ambiente, a TIM lançou um novo programa estratégico para o projeto de energia distribuída da operadora, o “Clube de Energia”, onde oferece descontos na conta de luz aos funcionários em troca de consumo de energia proveniente do mercado convencional por fontes renováveis.

Inicialmente, a TIM espera beneficiar 5 mil colaboradores no Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e em parte de São Paulo, que estejam na área da cobertura da Enel RJ, Light, Copel e Cemig e CPFL Paulista. A expansão para toda a empresa acontece em 2024.

Para se beneficiar com o “Clube de Energia”, o colaborador precisa associar-se ao programa e estar numa área de cobertura das concessionárias participantes. Não há necessidade de investimento e não há custo mensal ou fidelidade.

A energia gerada em usinas solares da RZK Energia e da Leve Energia Renovável, empresas parceiras da operadora na iniciativa, repassada às concessionárias, que aplica o desconto na conta do funcionário, que pode chegar a 20% do valor da cobrança da conta de luz, de acordo com a operadora.

Dessa forma, cada consumidor terá duas cobranças separadas do consumo e energia: uma proveniente de sua distribuidora de energia elétrica local, pagando o mínimo estipulado por ela, e uma segunda fatura da empresa de energia renovável parceira, já com o desconto contratado. Quanto maior o consumo, maior a economia, afirma a TIM.

Luiz Pacheco, diretor da Leve Energia Renovável, explica que o programa, além de atender a uma demanda das empresas para oferecer benefícios cada vez mais atrativos para os seus colaboradores, “ao mesmo tempo, as organizações também precisam cumprir com uma agenda ESG, uma pauta que tem cada vez mais importância. A solução da Leve alia essas duas necessidades“.

“Queremos ser referência em autogeração de energia dentre as empresas de telecomunicações no Brasil e estamos acelerando nesse sentido, envolvendo também nosso time nesse compromisso, em uma iniciativa inédita no setor. Conseguimos conciliar diferentes objetivos em um projeto em que todas as partes saem ganhando”, comentou o VP de recursos corporativos da TIM, Bruno Gentil.

A TIM já usa energia 100% limpa em suas operações desde 2021, por meio da aquisição no mercado livre, compra de certificados de energia renovável (I-Recs) e – principalmente – com a produção de usinas arrendadas de parceiros. Atualmente, conta com 94 usinas solares, hídricas e de biogás em seu portfólio.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários