22/02/2024

Paramount perde US$ 238 milhões no streaming, mas executivos comemoram

Após várias baixas, os executivos acreditam que suas perdas de streaming atingiram o pico no ano passado e não haverá outro este ano.

A Paramount Global registrou uma queda de US$ 238 milhões (mais de R$ 1 bilhão, conversao atual) em seu negócio de streaming no terceiro trimestre do ano. No entanto, isso é considerado uma perda positiva, uma vez que o número representa uma melhoria acentuada em relação aos últimos trimestres. No semestre foi registrado uma perda de US$ 424 milhões no segundo trimestre e perda de US$ 511 milhões no primeiro trimestre).

Após essas baixas na empresa, os executivos acreditam que suas perdas de streaming atingiram o pico no ano passado e que não verá mais um (novo) pico este ano. Com isso, passam a mirar a lucratividade.

No terceiro trimestre, a Paramount+ ganhou 2,7 milhões de assinantes, e agora passa a ter 63 milhões de usuários, contra 61 milhões no final de junho. A Pluto TV, líder do setor FAST, não informa mais usuários ativos mensais; no final de março, eram de 80 milhões.

O negócio direto ao consumidor (DTC) da empresa registrou despesas de US$ 1,93 bilhão, sendo que no primeiro foi de US$ 2 bilhões e 2,1 bilhões no segundo trimestre. No primeiro trimestre, a Paramount começou a reconhecer enormes encargos relacionados com a integração da Showtime na Paramount+. O terceiro trimestre foi o primeiro trimestre completo dessa integração.

Segundo o balanço trimestral, a Paramount Global conseguiu superar os resultados previstos por Wall Street, que era um de lucro por ação de cerca de 11 centavos sobre uma receita de US$ 7,12 bilhões. No entanto, a empresa conseguiu o lucro ajustado de 30 centavos por ação sobre uma receita de US$ 7,133 bilhões. Além disso, as ações ainda subiram na Nasdaq. Antes do anúncio dos lucros, haviam subido 10%, e posteriormente, subiram mais 8% nas negociações após o expediente.

Paramount e o cinema

A confiança do mercado provavelmente teve pouco a ver com o desempenho da empresa nos cinemas. A Paramount Pictures lançou “Missão: Impossível – Dead Reckoning Part One”, “Teenage Mutant Ninja Turtles: Mutant Mayhem” e “Paw Patrol: The Mighty Movie” no terceiro trimestre; “Paw Patrol 2” tocou apenas dois dias no trimestre.

O Missão: Impossível – Acerto De Contas Parte 1, por exemplo, arrecadou apenas US$ 567 milhões na bilheteria global, que embora não seja considerado um fracasso, mas fica abaixo do que é esperado de uma franquia do tamanho de Missão Impossível.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários