26/02/2024

Ministério das Comunicações afirma que educação é o foco do novo PAC

Durante reunião ministerial, pasta apresentou algumas informações ao presidente e lembrou que a conectividade na educação é o foco do PAC.

O Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, participou de uma reunião ministerial com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Durante o encontro, os ministros responsáveis pelo Palácio do Planalto e pela área de infraestrutura compartilharam atualizações sobre os projetos em andamento em seus respectivos ministérios, com foco especial nas obras do Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Reunião

Segundo o MCom, o presidente Lula estabeleceu, desde o início do ano, a prioridade de impulsionar a conectividade dos cidadãos brasileiros, com ênfase nas escolas e unidades de saúde. O Ministério das Comunicações afirma que está realizando investimentos significativos com o objetivo de proporcionar uma conectividade de alta qualidade para todas as escolas públicas do país.

Segundo a pasta do Governo Federal, o propósito é contribuir para a educação digital e o aprimoramento da gestão dessas instituições de ensino. Isso permitirá que os professores utilizem recursos pedagógicos avançados para aprimorar o ensino em sala de aula, enquanto os alunos serão integrados ao mundo digital em que vivemos atualmente.

Conforme o plano delineado no Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), está previsto um investimento significativo no valor de R$ 6,4 bilhões com o propósito de conectar todas as mais de 138 mil escolas do país por meio de tecnologias de fibra óptica ou satélite.

Essa iniciativa visa proporcionar uma velocidade de, no mínimo, 1 Megabit por segundo (1 Mbps) por aluno, garantindo um acesso de alta qualidade à internet em ambientes educacionais. Adicionalmente, as instituições de ensino serão equipadas com uma cobertura completa de rede Wi-Fi, ampliando ainda mais o acesso à conectividade.

Para as escolas localizadas em regiões remotas ou desprovidas de acesso à eletricidade, o programa se compromete a viabilizar a conexão à rede pública de energia ou fornecer geradores elétricos fotovoltaicos como fonte de energia alternativa. Isso garantirá que mesmo as escolas em locais mais afastados possam desfrutar dos benefícios da conectividade digital.

Além disso, o plano do Novo PAC também estabelece que as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) próximas às escolas serão contempladas com acesso à internet de qualidade. Esse acesso robusto possibilitará o fortalecimento do Programa Nacional de Telessaúde, a expansão do uso de prontuários eletrônicos, a asseguração de acesso à internet para UBSs em comunidades indígenas e em regiões remotas, e o aumento da eficiência na gestão e administração das unidades de saúde.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários