27/02/2024

68% dos internautas brasileiros fazem uso exclusivo de dispositivos móveis

Levantamento da Comscore aponta que houve um aumento de 0,6% no número de internet no Brasil entre junho de 2022 e 2023.

De acordo com um levantamento da Comscore sobre os mais recentes hábitos de navegação do consumidor, 68% dos usuários digitais brasileiros fazem uso exclusivo de dispositivos móveis, como celulares e tablets, para acessar a internet. Houve um aumento de 0,6% no número de internautas entre os meses de junho de 2022 e 2023 no Brasil, totalizando 133 milhões de visitantes únicos no período.

Globalmente, esse aumento foi de 3%, chegando a um total de 1,7 bilhão de visitantes únicos no digital no mês de junho deste ano. Nesse âmbito, a preferência dos usuários é do desktop para navegação e pesquisa, enquanto que o mobile é para o consumo de conteúdos relacionados a serviços financeiros.

No caso do Brasil, os internautas preferem usar o desktop para conteúdos de informações e notícias e o mobile para assuntos relacionados a varejo e finanças. Localmente, as categorias de entretenimento e redes sociais alcançam mais de 90% em ambas as plataformas (desktop e mobile). O mobile commerce tem alcance de 89%, à frente inclusive do desktop, com 63% de uso.

Quando se trata das redes sociais, os brasileiros passam em média 51 minutos acessando as plataformas via dispositivos móveis, contra 2 minutos em desktop. Além disso, o tempo gasto em redes sociais diversas é 32% maior do que em serviços de mensagens instantâneas.

Entre os destaques da categoria está o crescimento de menções da marca Fenty Beauty e de sua criadora, a cantora Rihanna, após o anúncio de seu show no Half Time do Superbowl. Houve um impacto de 5,5 milhões de ações no Facebook, Twitter (X), Instagram e TikTok mencionando o programa.

Segundo Ingrid Veronesi, diretora sênior da Comscore para o Brasil, diz que “As redes sociais desempenham um papel essencial no aprimoramento de campanhas de marketing”. Ela afirma que vale inclusive assumir alguns riscos nas estratégias. Neste caso, ela destaca um vídeo de 10 minutos do grupo Hilton no TikTok. Apesar de a ser rede conhecida por seus vídeos curtos, o conteúdo longo teve 86x mais views do que a média da marca na plataforma.

O levantamento ainda mostra que no Brasil, o Google Sites é líder no mercado de notícias e pesquisa em todas as faixas etárias e em ambos os sexos, seguido de perto pela Meta. Já o UOL tem também um alcance significativo, com uma leve vantagem na faixa dos 35+ e no sexo feminino.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários