26/02/2024

Pague e não use: ‘Help Plus’ é o novo streaming solidário; confira

Proposta veio da Cruz Vermelha e de São Paulo que quer adaptar um novo costume da sociedade moderna com o streaming para ajudar quem precisa.

Com a crescente disponibilidade de opções de conteúdo oferecidas por serviços de streaming, é cada vez mais comum que as pessoas se encontrem em situações em que passam horas navegando pelos catálogos, apenas para desistir sem conseguir tomar uma decisão sobre o que assistir a seguir. Além disso, é bastante recorrente que indivíduos assinem vários desses serviços, mas, devido à falta de tempo, não consigam aproveitar plenamente as assinaturas.

Streaming

Nesse contexto, a Cruz Vermelha São Paulo e a agência de publicidade Lew’Lara\TBWA têm uma proposta inovadora para transformar esses comportamentos em uma ação solidária. Eles conceberam o “Help Plus”, um conceito de streaming fictício com uma reviravolta singular: as pessoas realmente pagam para não usar o serviço.

O “Help Plus” é uma ideia criativa e não convencional que visa incentivar as pessoas a redirecionar seus gastos de entretenimento para uma causa maior. Em vez de consumir conteúdo de entretenimento no streaming, os usuários optam por pagar uma quantia que normalmente seria destinada a uma assinatura de streaming tradicional, mas, em vez de ter acesso a filmes e programas de TV, esse dinheiro é direcionado para a Cruz Vermelha São Paulo.

Essa abordagem do “Help Plus” tem o principal objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da solidariedade e da doação, ao mesmo tempo em que aborda o dilema comum de escolher o que assistir em meio à abundância de opções. Isso também promove uma reflexão sobre como nossos gastos de entretenimento podem ser redirecionados para apoiar causas humanitárias, transformando o ato de não usar um serviço de streaming em uma ação significativa em prol de uma sociedade mais solidária.

A iniciativa tem como principal objetivo angariar fundos para a Cruz Vermelha. Com esse propósito em mente, a agência de publicidade e a organização humanitária desenvolveram uma plataforma que apresenta mais de 100 capas de filmes e sinopses fictícias. Essas informações fictícias convidam o público a assinar o serviço sem a intenção de realmente consumir conteúdo, mas, o diferencial é que o valor investido na assinatura não é desperdiçado, uma vez que todas as receitas são destinadas à Cruz Vermelha. Dessa forma, as doações são direcionadas para apoiar a missão humanitária da entidade, transformando a decisão de não assistir em uma ação solidária e significativa.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários