14/04/2024

MCom destaca oportunidades para empresas chinesas durante seminário

Evento tratou do papel do eixo de inclusão digital e conectividade no Novo PAC e a parceria entre Brasil e China.

Durante o Seminário para Empresas Chinesas no Brasil, o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, abordou as oportunidades oferecidas às empresas chinesas com a implementação do eixo de inclusão digital e conectividade no Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Esse evento ocorreu em São Paulo (SP) no dia 11 desta semana.

Brasil e China

No discurso, o ministro destacou a importância do eixo de inclusão e conectividade dentro da visão de um Brasil mais inclusivo, conectado e próspero. Um dos pilares fundamentais desse plano é garantir a conectividade das escolas públicas.

“O eixo de inclusão e conectividade é uma parte essencial de nossa visão para um Brasil mais inclusivo, conectado e próspero. Um dos pilares mais importantes é a conectividade das escolas públicas. Nossas escolas são o coração da formação de futuras gerações, e a parceria com o setor privado para fornecer acesso à internet de alta velocidade nas escolas é uma oportunidade única. O acesso à educação de qualidade é um dos principais impulsionadores do desenvolvimento econômico e social do país”.

Além disso, o ministro esclareceu que o Novo PAC incluirá uma série de iniciativas com o objetivo de levar a conectividade a todas as regiões do Brasil. Essas iniciativas envolvem não apenas as escolas públicas, mas também os estabelecimentos de saúde, a expansão das redes de telecomunicações 4G e 5G e o desenvolvimento de infovias através de cabos de fibra óptica. Essas ações visam promover o acesso à internet e a infraestrutura de comunicações de alta qualidade em todo o país, contribuindo para o progresso econômico e social do Brasil.

Segundo o ministro das Comunicações, a expansão da infraestrutura de telecomunicações no Brasil está diretamente relacionada às obrigações de cobertura estabelecidas no Leilão do 5G. Ao contrário de algumas nações que simplesmente leiloaram as faixas de espectro para o 5G com base no maior valor ofertado, o Brasil adotou uma abordagem mais abrangente. Neste sentido, foram estabelecidos compromissos de investimento como parte do processo de leilão, os quais representaram mais de 90% dos 47,2 bilhões de reais arrecadados.

O ministro Juscelino Filho também ressaltou a importância do Novo Plano de Aceleração do Crescimento, que abriga uma ampla gama de projetos relacionados à infraestrutura de telecomunicações e conectividade. Essa iniciativa cria oportunidades significativas para empresas chinesas, que possuem um histórico de sucesso em projetos de infraestrutura em todo o mundo. O governo brasileiro acredita que essa parceria fortalecerá os esforços conjuntos para melhorar a qualidade de vida de milhões de brasileiros.

Além disso, o Seminário também destacou a Estratégia Nacional de Escolas Conectadas e o programa Norte Conectado, que são iniciativas fundamentais para promover a conectividade em todo o país.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários