24/02/2024

‘Blitz da qualidade’: Governo prepara portaria para monitorar serviço móvel

Ministro das Comunicações diz que vai estabelecer regras de qualidade junto à Anatel, além de acompanhar, monitorar e fiscalizar as áreas.

Durante sua participação no Futurecom 2023, evento ocorrido em São Paulo nesta terça-feira (03), o Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, afirmou que vai lançar até o final deste mês, uma portaria para estabelecer regras de qualidade e combater lacunas de cobertura no serviço de telefonia móvel. O “blitz da qualidade” vai buscar as áreas de sombra que comprometem os serviços móveis.

O ministro disse que a Secretaria de Telecomunicações está tratando junto com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) uma portaria ministerial sobre essa política de forma a agilizar o acesso em áreas mal atendidas. “Serão blitzen junto com a Anatel e com as próprias operadoras, localizando as áreas de sombras, os vazios, os gaps, onde os serviços não estão sendo prestados com qualidade, onde há reclamações da população”, afirmou o ministro.

Há um trabalho em andamento da Secretaria de Telecomunicações com a Anatel para que a gente possa, em parceria com as operadoras, construir uma política pública sobre a qualidade do serviço da telefonia móvel no País. Temos ouvido reclamações da qualidade e tenho certeza que não é interesse só do ministério, do governo ou da agência, mas também das operadoras prestarem um serviço de qualidade para manter o cliente fiel”, afirmou.

Filho explicou que vai estabelecer regras de qualidade em conjunto com a Anatel, assim como acompanhar, monitorar e fiscalizar as áreas de reclamações, contando que “com uma espécie de ‘blitz da qualidade’ da telefonia móvel”, “vai começar pelas capitais e depois avançar para as maiores cidades”. Inclusive, um dos primeiros locais a receber a maior atenção com a cobertura celular foi o Maranhão, estado pelo qual Juscelino Filho é deputado federal eleito.

“Queremos construir uma política pública para tratar da prestação e da qualidade do serviço da telefonia móvel no País, pois em algumas partes do Brasil temos ouvido reclamações. [Queremos] estabelecer regras de qualidade e beneficiar as operadoras que prestam serviços de qualidade”, apontou Juscelino.

Nessa mesma iniciativa, o ministro ainda afirmou que, em muitos casos, a resolução de problemas será a instalação de infraestrutura nova. “Isso tudo é investimento, e é nessa linha que a gente está trabalhando“, apontou.

Atualmente, a qualidade dos serviços de telecomunicações prestados pelas empresas é regida por regulamentos da Anatel, como Regulamento de Qualidade dos Serviços de Telecomunicações (o RQUAL). Em breve, será introduzida os selos de qualidade para as operadoras.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários