05/04/2024

Telebras leva 13 antenas de internet banda larga via satélite para o RS

Fortes chuvas que inundaram diversas cidades no RS - Rio Grande do Sul, atrapalharam também as comunicações na região.

Na manhã do último sábado, dia 9 de setembro, o Ministério das Comunicações (MCom) e a Telebras concluíram com sucesso a instalação de 13 antenas de conexão banda larga via satélite em áreas afetadas por fortes chuvas no estado do RS – Rio Grande do Sul, no Brasil. Essas instalações representam um esforço conjunto para restaurar a conectividade em regiões que foram impactadas negativamente pelas condições climáticas adversas.

RS

As antenas foram implantadas em diversos municípios do RS, incluindo Encantado, Roca Sales, Muçum, Santa Tereza, Lajeado e Arroio do Meio. Essa ação visa atender às necessidades de comunicação e acesso à internet nessas áreas, que enfrentaram dificuldades devido às condições climáticas desfavoráveis.

Para levar essas antenas aos locais necessários, os terminais satelitais transportáveis foram despachados de Brasília, Distrito Federal, na madrugada da última quinta-feira, dia 7 de setembro. Esses equipamentos foram transportados com a ajuda das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), garantindo uma rápida e eficiente distribuição.

Cada uma dessas antenas de conexão banda larga via satélite é capaz de fornecer acesso à internet com velocidade de até 40Mbps de download e 4Mbps de upload. Isso significa que as comunidades afetadas terão a oportunidade de restabelecer a conectividade de alta velocidade, o que é crucial para a comunicação, educação, negócios e outras atividades essenciais em tempos de adversidades climáticas.

“Em parceria com outros ministérios e órgãos da Defesa Civil Nacional, Ministério das Comunicações continua atuando junto às entidades vinculadas, às operadoras de rede móvel e de rede fixa, e às provedoras de Internet para viabilizar a conectividade para as equipes de apoio humanitário e para pessoas atingidas”, assegurou o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

O ministro enfatiza que a ação imediata tomada pelo MCom, pela Telebras e pela Anatel, juntamente com a colaboração de outros ministérios e órgãos governamentais, foi uma diretriz estabelecida pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Como parte dessas medidas, o a pasta federal estabeleceu um grupo de crise de caráter emergencial, com o propósito de monitorar de perto a situação das áreas afetadas pelos desastres naturais na Região Sul do país.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários