14/04/2024

Siga Antenado e Anatel instalam 1 milhão de novas parabólicas

Representantes do projeto Siga Antenado e Anatel celebram marca milionária que conseguiram chegar dentro das estratégias do 5G.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Siga Antenado anunciaram em uma entrevista coletiva realizada na sede da Agência em Brasília, que concluíram a instalação gratuita de um milhão de kits contendo a nova parabólica digital em todo o país. Esses kits foram destinados a famílias que estão inscritas no Cadastro Único do Governo Federal.

Anatel e Siga Antenado

Além disso, Moisés Moreira, presidente do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi), e Leandro Guerra, presidente da Siga Antenado, também anunciaram que a faixa de 3,5 GHz será liberada antecipadamente para mais 212 cidades a partir de 18 de setembro.

Até o momento, já foram liberadas 2.024 cidades para o uso das faixas do 5G, abrangendo uma população de 151 milhões de brasileiros, o que representa cerca de 71% da população do país e 82% do PIB. O plano é que até 2026 todas as 5.570 cidades brasileiras tenham acesso à tecnologia 5G.

Moisés Moreira, conselheiro da Anatel e presidente do Gaispi, ressaltou que a instalação dos primeiros um milhão de kits é um marco significativo na ampliação do acesso à comunicação com qualidade de imagem e som. Ele enfatizou que para muitos brasileiros, a substituição da parabólica tradicional pela parabólica digital significa o acesso a um novo mundo de informação e entretenimento. Ele também mencionou que essa transição proporciona à população e à indústria acesso a inúmeras oportunidades geradas pela tecnologia 5G.

“Para muitos brasileiros, a substituição da parabólica representa o acesso a um novo mundo de informação e entretenimento”.

O programa prevê a instalação gratuita de kits para 5,5 milhões de famílias até seu término. Isso resultou de um mapeamento nacional que identificou o número de antenas parabólicas em funcionamento nas casas de beneficiários do CadÚnico.

Outra obrigação do Edital do 5G é liberar a faixa de 3,5 GHz e reduzir interferências das estações satelitais próximas. A desocupação das 1.482 estações satelitais foi antecipada em mais de dois anos, e 87% dos filtros de frequência já foram instalados para proteger a faixa de 3,5 GHz, com entrega prevista para 2026.

O Gaispi propõe o lançamento de infovias adicionais após a conclusão das seis previstas no edital do 5G, utilizando recursos do Programa Amazônia Integrada e Sustentável. Isso beneficiará mais 1 milhão de habitantes e cobrirá 16 municípios, incluindo rios como o Tapajós, Xingu e Tocantins.

Quanto às Redes Privativas do Governo Federal, foi aprovado um documento de diretrizes para atender 6,5 mil pontos em 26 capitais e no Distrito Federal, utilizando a infraestrutura da Telebrás. A aquisição dos equipamentos pela Siga Antenado depende de informações sobre a localização desses pontos fornecidas pelo Ministério das Comunicações.

Veja aqui a lista das 212 cidades liberada.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários