22/02/2024

Amazon negocia parceria em streaming da ESPN com a Disney

Também está em negociação uma possível participação minoritária na rede esportiva, que é cogitada em menos de 30%; saiba detalhes.

Mais um gigante negócio envolvendo grandes empresas pode estar por vir. De acordo com fontes familiarizadas com o assunto ao “Information”, a Amazon está em negociações iniciais com a Walt Disney Company sobre trabalhar na versão de streaming da ESPN que está sendo desenvolvida. Está sendo negociado também uma possível participação minoritária na rede esportiva.

Segundo a reportagem, a Disney e a ESPN ainda estão decidindo um preço apropriado para o novo serviço. A ESPN está considerando cobrar entre US$ 20 e US$ 35 por mês pelo novo serviço de streaming, o que poderia torná-lo a plataforma mais cara dos Estados Unidos. A programação replicaria a grade disponível na TV por assinatura americana e, portanto, seria diferente do serviço oferecido atualmente no ESPN+.

O negócio entre as empresas pode realmente acontecer, conforme já declarou o CEO da Disney, Robert Iger, está buscando parcerias. O executivo disse em junho à CNBC que sua empresa deseja manter a ESPN e procurar parceiros estratégicos para formar uma joint venture ou comprar uma participação na rede esportiva para ajudar a levá-la diretamente aos consumidores.

Com o acordo, a Disney pode melhorar as contas do canal esportivo, que tem enfrentado quedas frequentes de audiência e de anunciantes, além de custos cada vez mais altos pelos direitos de transmissão dos principais eventos esportivos do mundo. No caso da Amazon, uma parceria pode auxiliar no ganho de protagonismo da empresa, que tem tentando se posicionar no setor. Para ambas, o negócio reduz o poder de barganha das ligas esportivas.

No caso da participação minoritária na ESPN, segundo a reportagem, estariam disponíveis para a transação menos de 30% das ações, uma vez que a Disney não quer perder o controle do canal. Levantamento feito pela The Information aponta que o negócio envolveria algo em torno de US$ 9 bilhões em valor financeiro pelos 30% de participação.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários