13/06/2024

Claro e Embratel fecham parceria com o Banco do Brasil para uso de rede 5G

Parceria entre Claro e Embratel e Banco do Brasil serve para levar a rede 5G da operadora para a empresa financeira.

A Claro e a Embratel se uniram ao Banco do Brasil para implementar uma rede 5G standalone na sede da instituição, em Brasília. A parceria tem como objetivo o desenvolvimento conjunto de novas aplicações que possam ser usadas para aprimorar o atendimento, a segurança e os processos internos do banco, assim como a cocriação de soluções com potencial para alavancar negócios em outros segmentos da economia.

5G

O anúncio oficial da parceria está sendo feito no Febraban Tech, evento de tecnologia e inovação do setor financeiro, que acontece em São Paulo até o dia 29, quinta-feira. 

O programa corporativo do Banco do Brasil, chamado Lentes BB, está aproveitando a tecnologia 5G para impulsionar projetos inovadores e transformá-los em realidade. O objetivo é promover o propósito do banco por meio de uma estrutura que conecta pessoas, desenvolve habilidades e viabiliza novos modelos de negócio. Essa iniciativa busca explorar e disseminar tendências tecnológicas, possibilitando experimentações e impulsionando a inovação para criar melhores modelos de negócio, proporcionar experiências aprimoradas e aumentar a eficiência das operações.

Através desse projeto, o Banco do Brasil utilizará a infraestrutura 5G para implementar novas aplicações em diversos setores, como agronegócio, Smart Cities, indústria, educação, entre outros. Para isso, colaborará com o hub de inovação beOn Claro e a Embratel, formando um ecossistema conjunto. Esse acordo também prevê a realização de oficinas, eventos e capacitações focados na tecnologia 5G para os colaboradores envolvidos nas ações.

“Grande parte das inovações nas últimas décadas surgiram em função dos ganhos de conectividade proporcionados por uma verdadeira revolução por que passou o setor de telecomunicações. Com o 5G, o mundo está dando outro salto neste segmento e o BB, que é uma das empresas mais inovadoras do País, quer explorar ao máximo as oportunidades que esta tecnologia nos oferece”, explica Rodrigo Mulinari, diretor de Tecnologia do BB. 

A rede standalone instalada e habilitada pela Embratel na sede do banco opera na faixa de 3,5 GHz, frequência que a Claro já ativou em Brasília. 

“O propósito da parceria é não só avaliar o desempenho de aplicações 5G, mas buscar oportunidades de forma colaborativa para modernização de atividades em diversos setores da economia, em serviços nos quais características como baixa latência, alta confiabilidade e grande capacidade de processamento de dados criem diferenciais para viabilizar novas experiências para o cliente”, afirma Rodrigo Duclos, diretor de Inovação Digital da Claro e fundador do beOn Claro. 

A companhia destacou que a parceria entre a Embratel e o Banco do Brasil trará inúmeras oportunidades de desenvolvimento de novos negócios para a marca corporativa da Claro. Através dessa parceria, a Embratel poderá oferecer seus produtos e serviços não apenas para o Banco do Brasil, mas também para outros clientes empresariais da instituição financeira. Isso permitirá uma conscientização mais ampla, compreensão, envolvimento e adoção de novos ambientes tecnológicos, tornando o Banco do Brasil ainda mais eficiente com a nova digitalização.

“O 5G está completamente inserido nas estratégias de negócios da Embratel por ser um habilitador de inovações importantes. Para o mercado financeiro, o 5G tem o poder de revolucionar diversos processos, incluindo a verificação de crédito e a análise de prevenção de fraudes. Várias atividades passam a ser feitas de forma ainda mais digital e muito mais rápida. A parceria com o Banco do Brasil, cliente de longa data da Embratel, irá possibilitar a realização de diversos casos de uso, especialmente com Inteligência Artificial, para otimizar processos, monitoramentos e criar soluções para clientes do banco e da Embratel. Como habilitadora da infraestrutura digital das empresas, a Embratel celebra a parceria, que irá auxiliar na continuidade da transformação digital do Banco do Brasil”, afirma Maria Teresa Lima, Diretora-Executiva da Embratel para Governo. 

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários