28/02/2024

Nokia pretende levar internet 4G para Lua em novembro deste ano

Expectativa é que o sistema seja implantado durante a missão IM-2 da Intuitive Machines, programada para ser lançada no SpaceX Falcon 9.

A Nokia anunciou que na próxima missão espacial estará enviando um serviço de internet 4G para a lua. Com a tecnologia, a empresa espera abrir caminho para mais descobertas lunares e criar oportunidades para a presença humana na Lua e em outros lugares.

Imagem : Nokia/Missão Lunar

A expectativa é que o sistema seja implantado durante a missão IM-2 da Intuitive Machines, que está programada para ser lançada em novembro a bordo de um foguete SpaceX Falcon 9. O módulo lunar Nova-C levará o sistema e outras cargas úteis ao nosso satélite natural, levando o sistema de comunicações 4G da Nokia ao seu destino final na cratera Shackleton na região sul da Lua, segundo a CNBC .

Em colaboração com o Lunar Outpost e a Intuitive Machines, a Nokia criou a tecnologia 4G, projetada para suportar as duras condições do espaço. A demonstração tecnológica pode pavimentar o caminho para seu uso em futuras missões tripuladas Artemis à Lua. O plano atual é que dois astronautas pousem na superfície lunar em 2025, marcando a primeira vez que os astronautas caminharão na Lua desde a missão Apollo 17 de 1972.

Anshel Sag, analista principal da Moor Insights & Strategy, disse à CNBC que o lançamento da rede 4G da Nokia é uma meta otimista. “Se o hardware estiver pronto e validado como parece, há um bom chance de lançar em 2023, desde que o parceiro de lançamento de sua escolha não tenha contratempos ou atrasos”, explica.

O projeto da Nokia foi anunciado em 2020, quando foi selecionado pela NASA e seus laboratórios Bell receberam US$ 14,1 milhões para financiar o projeto, informou a CNN na época.

A empresa informou que irá testar inicialmente as capacidades de comunicação de curto e longo alcance do módulo de pouso a distâncias variando de algumas centenas de metros a dois ou três quilômetros de distância. A rede será fundamental para a “qualquer presença humana sustentada na Lua e em Marte no futuro“, disse a Nokia em post.

Thierry Klein, chefe do laboratório de pesquisa de automação industrial e empresarial do Nokia Bell Labs, diz que “Tornou-se evidente para nós que, para qualquer presença humana sustentada na Lua e em Marte no futuro, a conectividade e as comunicações são críticas”. E explicou que é fundamental que os astronautas tenham acesso à mesma tecnologia que têm na Terra para realizar seus aplicativos e atividades no espaço.

A ideia principal do projeto é que os astronautas tenham acesso à internet 4G durante a missão Artemis 3 para aprimorar “capacidades de comunicação de voz e vídeo, telemetria e troca de dados biométricos, aplicativos de detecção ou controle de robótica”.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários