01/07/2022

Governo entregou mais de 17 mil pontos Wi-Fi à população

Segundo o Ministério das Comunicações, mais de 11 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pelo programa "Wi-Fi Brasil".

O Ministério das Comunicações (MCom) divulgou nesta quinta-feira (23), novas informações sobre o desenvolvimento do “Wi-Fi Brasil” no país, programa social criado pelo governo federal para levar internet banda larga em localidades remotas que não contam com essa conectividade, especialmente nas regiões Norte e Nordeste com foco em alcançar instituições públicas de ensino.

programa wifi brasil

Segundo dados da pasta, o Brasil conta em junho de 2022 com mais de 17 mil pontos sem fio ativos em cerca de 3,2 mil municípios, beneficiando mais de 11 milhões de pessoas que até então não tinham acesso à Internet.

Desse total, em torno de 13,3 mil pontos — correspondendo a 78% das conexões — foram instalados em localidades rurais, áreas priorizadas pela iniciativa justamente por não possuírem grande oferta de provedores locais; a velocidade de conexão varia entre 10 e 20 Mbps

Conforme reforça o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o governo trabalha para ampliar a infraestrutura de antenas do programa levando internet para toda a população, atendendo principalmente escolas, assentamentos, Unidades Básicas de Saúde (UBS), comunidades indígenas, etc.

“Não estamos medindo esforços para levar, até o final deste ano, internet para todas as escolas brasileiras. Nós sabemos a importância que isso tem”, destaca farias.

A instalação é totalmente gratuita e inclui no kit a antena (receptor de sinal) e roteador que será usado para transmissão.

A solicitação do serviço deve ser feita através do GESAC por instituições governamentais, agentes públicos e comunidades em situação de vulnerabilidade.

Inclusão digital

Além da iniciativa do Ministério, algumas ONGs também trabalham para levar internet banda larga via Wi-Fi para escolas públicas em parceria com provedores locais de internet em municípios que não disponibilizam essa tecnologia para os estudantes.

Um desses projetos sociais é promovido pelo Instituto Escola Conectada, organização não governamental que por meio incentivos privados e doações da comunidade já conseguiu beneficiar mais de 24 mil alunos de 52 escolas públicas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais.

SourceMCom
Lucas Ribeiro
Lucas Ribeiro
Jornalista há quatro anos, trabalho com revisão de textos e elaboração de pautas sobre telefonia móvel/telecomunicações no geral. Como lema, compartilho a ideia de Álvaro Borba, que diz: “Não importa o que eu acho, importa o que eu sei, e o que sei são os fatos”.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x