02/07/2022

Anatel homologa equipamentos OpenRAN para uso no Brasil

Provedores e companhias de telecomunicações estão autorizadas a usarem equipamentos OpenRAN homologados pela Anatel.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou na manhã desta terça-feira (21), equipamentos de OpenRAN (“Rede de Acesso de Rádio Aberto”, em tradução livre) para uso no Brasil por empresas relacionadas ao setor de telecom, especialmente no segmento de telefonia móvel.

antena-5g

Conforme explica o órgão regulador, essa tecnologia permite que companhias utilizem peças de hardware, softwares e outros protocolos diferentes para criar um ecossistema “multi-fabricante”, isto é, que pode ser interligado utilizando plataformas de código aberto interoperáveis permitindo a operação legal do serviço em caráter comercial.

Os registros concedidos pela estatal englobam o Remote Radio Unit (RRU), recurso usado para converter sinais de rádio (RF) em um sinal de banda de base digital, permitindo que os consumidores conectem aparelhos compatíveis com a tecnologia na rede OpenRAN disponibilizada por operadoras — esse tipo de homologação é obrigatória e garante que o equipamento não irá interferir nas frequências usadas no país.

Segundo informações, a abertura do mercado brasileiro para a infraestrutura interligada deve contribuir para a redução de custos tanto no processo de instalação quanto de manutenção de bases RF.

Tal como em outras certificações feitas pela agência, o comunicado divulgado à imprensa não lista os modelos que passaram pela entidade, no entanto, sabemos serem unidades destinadas a empresas.

Investimentos em OpenRAN

Apesar de ser um conceito novo no Brasil, a Anatel reforça que a ampliação dessa tecnologia está sob responsabilidade do “Grupo de Trabalho OpenRAN” em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

A pasta dispõe atualmente do programa “Programa MCTI [email protected]” para pesquisar e estabelecer “competências e desenvolvimento de soluções para a arquitetura OpenRAN” nos próximos anos em simultâneo ao crescimento da infraestrutura da quinta geração de redes móveis (5G).

Em abril deste ano, o Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) inaugurou no município de Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais, um laboratório dedicado para desenvolvimento e pesquisa do OpenRAN voltado ao 5G.

SourceAnatel
Lucas Ribeiro
Lucas Ribeiro
Jornalista há quatro anos, trabalho com revisão de textos e elaboração de pautas sobre telefonia móvel/telecomunicações no geral. Como lema, compartilho a ideia de Álvaro Borba, que diz: “Não importa o que eu acho, importa o que eu sei, e o que sei são os fatos”.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x