23/05/2022

Quanto vale a biblioteca de filmes e TV da MGM? Amazon divulga novos detalhes

A gigante da tecnologia, que até agora era escassa com detalhes da compra, fechou o negócio para o estúdio em março.

Quanto vale uma biblioteca icônica de filmes e TV que inclui James Bond, Rocky and Creed, O Silêncio dos Inocentes, Thelma e Louise, Survivor e The Handmaid’s Tale?

Foto: Reprodução Internet

De acordo com a Amazon, esses 4.000 títulos de filmes e 17.000 episódios de TV valem cerca de US$ 3,4 bilhões, cerca de 17 bilhões de reais.

É nisso que a gigante da tecnologia valoriza a biblioteca de filmes e programas de TV da MGM, de acordo com uma nota de rodapé no relatório trimestral da empresa, que foi arquivado na SEC na manhã de sexta-feira (29).

O 10-Q é, na verdade, o primeiro registro de valores mobiliários a discutir a compra da MGM pela Amazon em detalhes, pois se recusou a fazê-lo anteriormente, dizendo que a compra do famoso estúdio “não era material” para seus negócios.

O documento revela alguns novos detalhes sobre a compra, que foi anunciada pela primeira vez em maio passado e encerrada em março.

Embora a Amazon tenha citado a enorme biblioteca de conteúdo da MGM para justificar o acordo de US$ 8,5 bilhões, a maior parte do valor da empresa está em US$ 4,9 bilhões em “goodwill”, de acordo com o documento. Goodwill é um termo financeiro abrangente para ativos intangíveis adquiridos como parte de uma compra. Nesse caso, é seguro assumir que as sólidas participações de propriedade intelectual da MGM, bem como sua marca de 100 anos e seus relacionamentos existentes com talentos criativos, são responsáveis ​​por essa avaliação.

E o arquivamento revelou novos detalhes sobre a estrutura do acordo, detalhes que estavam faltando quando foi anunciado pela primeira vez há um ano. A Amazon pagou US$ 6,1 bilhões em dinheiro pela MGM e também assumiu US$ 2,5 bilhões em dívidas, que foram pagas após o fechamento da aquisição.

A empresa também alerta que suas estimativas para o valor da biblioteca e propriedade intelectual da MGM podem ser ajustadas no futuro: “Devido ao tempo limitado desde a aquisição da MGM, a avaliação de certos ativos e passivos é preliminar e está sujeita a alterações”.

Na verdade, a propriedade da MGM pela Amazon já está começando a ser sentida. Embora a estratégia de longo prazo permaneça cheia de perguntas sem resposta, esta semana Michael De Luca, presidente do grupo de filmes da MGM, e sua vice-presidente, Pam Abdy, presidente do grupo de filmes da MGM, anunciaram que deixariam a empresa.

A Amazon divulgou a compra em seu relatório de ganhos decepcionante na quinta-feira, dizendo que “criará ainda mais oportunidades para oferecer narrativas de qualidade aos clientes”.

COMPRA DA MGM PELA AMAZON

E março, foi feita a conclusão da compra do estúdio cinematográfico MGM pela Amazon. A Amazon desembolsou US$ 8,45 bilhões (cerca de R$ 45 bilhões) para que o estúdio fosse dela.

Esta é a segunda maior aquisição na história da Amazon. A primeira aconteceu em 2017 e foi a compra da Whole Foods, por US$ 13,7 bilhões.

Agora, com a compra, o streaming Prime Video, da Amazon, terá produções da MGM em seu catálogo, o que contabilizará 4 mil filmes e 17 mil programas de TV a mais da plataforma.

As produções mais famosas da MGM são os filmes de “James Bond” e “Rocky”, além de clássicos como “Thelma & Louise” (1991) e “O silêncio dos inocentes” (1991).

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários