03/07/2022

Usuários acusam HBO Max de publicidade sem consentimento; entenda

Plataforma de streaming está sendo acusada de compartilhar dados de assinantes com o Facebook.

Nesta semana, dois assinantes americanos da HBO Max abriram uma ação de classe judicial contra a plataforma de streaming do HBO. Eles acusam o streaming de compartilhar alguns dos seus dados pessoais, como histórico de títulos assistidos, com o Facebook, o que resultaria em uma publicidade direcionada sem consentimento. As informações foram publicadas pela revista Variety.

HBO e HBO Max assinantes
Foto: Reprodução Internet

Segundo os assinantes, a HBO está usando suas informações para entregar propagandas personalizadas relacionadas a filmes e séries do serviço na rede social Facebook.

Os advogados da acusação alegam que seria preciso a permissão para o compartilhamento das informações pessoais de séries e filmes dos clientes. Conforme os autos, a prática fere as leis de privacidade estadunidenses. 

LEIA TAMBÉM:

–> HBO Max libera filmes e séries grátis para não assinantes

–> Fusão Warner/Discovery: órgão antitruste dos EUA perde prazo de contestação

–> Cade aprova, sem restrições, a fusão entre WarnerMedia e Discovery

Além disso, eles dizem que ao assinar o streaming, não é avisado que os dados dos usuários serão usados em redes sociais. Quando alguém assina a plataforma, é preciso somente aceitar uso de cookies para entrega de privacidade.

A HBO e nem o Facebook se pronunciara sobre o caso, após tentativas da Variety. Os detalhes do processo correm em sigilo. 

UNIÃO

Nesta semana, David Zalasv, CEO da Warner Bros. Discovery, informou que HBO Max e Discovery+ serão transformados em um único streaming em abril.

Embora tenha soltado essa novidade para o mercado, Zaslac não detalhou se a unificação acontece apenas na região norte-americana ou também acontecerá em outras localidades, como a América Latina. Vale lembrar que o Discovery+ está disponível apenas no Brasil, por enquanto. Já a HBO Max está em outras areas.

David Zalasv ainda deu detalhes sobre os planos de assinatura que serão oferecidos na futura plataforma. A ideia é criar três assinaturas diferentes, sendo uma delas gratuita. Um dos planos pagos será do tipo econômico, com anúncio de propaganda, enquanto que a mais cara não terá nenhum tipo de anúncio, semelhante ao praticado no HBO Max atualmente.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
1
0
O que você acha? Comente!x