03/07/2022

KKR retoma interesse na compra da Telecom Italia e ações sobem

Após um jornal italiano dizer que o fundo norte-americano ainda estava interessado na aquisição da empresa, os papéis subiram.

Depois que um jornal italiano afirmou que o fundo norte-americano KKR ainda estaria interessado na compra da Telecom Itália, embora a um preço mais baixo, as ações da empresas subiram nesta terça-feira (8). De acordo com o II Messaggero, o fundo poderia confirmar seu interesse na operação, mas oferecendo uḿ preço de cerca de 0,40 euros por ação.

O valor é baixo, pois a abordagem não vinculante feita a Telecom Itália em novembro de 2021 pela KKR, era oferecido um valor de 0,505 euros por ação, o que avaliava a empresa de telecomunicações em 10,8 bilhões de euros (11,8 bilhões de dólares).

Na máxima da sessão nesta terça-feira, as ações da empresa italiana subiram até 10,7%, que tinham caído nas últimas três sessões. Por volta das 11h40 (horário de Brasília), os papéis subiram 7,3% contra uma alta de 2,6% no índice acionário de referência italiano Ftse/Mib.

De acordo com a Reuters, na segunda-feira (7), duas fontes afirmaram que no próximo domingo pode ser realizada uma reunião do conselho para elaborar uma resposta referente à proposta do fundo norte-americano, após os assessores concluírem a análise para comparar a ideia de reestruturação interna com o plano da KKR.

Segundo as fontes, os assessores da Telecom Italia solicitaram ao fundo esclarecimento sobre os termos de sua oferta feita em novembro, se eles ainda são válidos. Os papéis continuam abaixo do patamar proposto na aquisição, enquanto que a Vivendi, principal acionista da empresa italiana, afirma que a oferta estava muito baixa e a companhia tem valor maior de mercado.

LEIA TAMBÉM:

–> Telecom Italia aprova plano de segregação apresentado por Pietro Labriola

–> Pietro Labriola é confirmado como CEO da Telecom Italia

> Labriola assume cargo na Telecom Italia e afirma que nada mudará na TIM Brasil

Reestruturação da Telecom Italia

O presidente-executivo da empresa de telecomunicações, Pietro Labriola, apresentou um plano centrado na cisão dos negócios de rede fixa das operações de varejo. Na semana passada, ele afirmou que a ideia da KKR era semelhante, mas acredita que fazer de forma interna pode gerar mais valor para os investidores, incluindo acionistas minoritários.

Semana passada também foi divulgado o relatório financeiro da companhia, que apresentou um prejuízo anual, algo que desencorajou os investidores, aumentando a pressão sobre a empresa.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x