06/07/2022

Janeiro tem queda nas reclamações de usuários sobre serviços de telecom

Maior queda nas reclamações foi sobre a banda larga fixa.

Segundo dados da Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações, em janeiro de 2020, as reclamações de usuários de serviços de telecom caíram. As queixas caíram 21,4% em relação ao mesmo mês em 2021.

telecom
Foto: Reprodução Internet

No primeiro mês deste ano, foram registradas 167.843 reclamações, enquanto no ano passado foram 213.577 reclamações em janeiro. O que resulta redução de 45.734 queixas. Vale ressaltar que as reclamações registradas na Anatel têm caído desde abril do ano passado.

De acordo com a Conexis Brasil Digital, a queda nas reclamações reflete tem um motivo principal: as ações das empresas dentro do Sistema de Autorregulação das Telecomunicações (SART), que tem trabalhado para melhorar a relação com o consumidor.

LEIA TAMBÉM:

–> Prefixo 0303 para telemarketing pode ser danoso para o setor, afirma ABT

–> Anatel determina que empresas de telecom ampliem o ‘Não Me Perturbe’

–> Empresa Kaspersky descobre que criminosos estão usando número 0800 em golpes

O SART tem como objetivo simplificar e deixar mais transparente as ofertas feitas pelas empresas. Isso reduz dúvidas sobre o que é cobrado do consumidor. O setor também implantou a automação de processos relacionados ao faturamento, como por exemplo a emissão de segunda via e envio de comprovante de pagamento.

Dados divulgados pela Anatel mostram uma redução de 19% no número de reclamações relacionadas à cobrança, uma queda de 14.635 queixas em janeiro de 2022, na comparação com janeiro de 2021.

Já as queixas sobre qualidade, funcionamento e reparo caíram 35%, representando uma redução de 15.569 reclamações.

A maior queda nas reclamações foi sobre a banda larga fixa, 26,3%, passando de 52.948 em janeiro de 2021 para 44.581 queixas em janeiro de 2022. As reclamações dos usuários de TV por assinatura caíram 25,3% e dos usuários de telefonia móvel 22,8%.

SATISFAÇÃO

Em julho de 2021, a Anatel começou a entrevistar consumidores sobre a qualidade dos serviços de telecom. A ideia é avaliar a satisfação geral dos clientes de telefonia, banda larga e TV por assinatura.

Um novo modelo de questionário foi adotado pela Anatel, em que os clientes poderão avaliar a satisfação geral com a prestação dos serviços, a qualidade do atendimento das empresas, além de outras informações sobre o serviço contratado, incluindo funcionamento, cobranças e recargas.

A pesquisa também coleta dados para efeitos de classificação do perfil sociodemográfico dos consumidores, como idade, renda e escolaridade.

O objetivo é aperfeiçoar a análise do resultado e melhorar as decisões da Anatel.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x