25/02/2024

CEO da Vivo é o 1º brasileiro a copresidir a Força Tarefa de Digitalização no B20

B20 terá uma reunião da força tarefa, que será comandada por Christian Gebara, marcada para o próximo dia 14 de março.

Christian Gebara, CEO da Vivo, ocupará a posição de co-presidente da Força Tarefa de Digitalização no B20, fórum formado por lideranças empresariais globais para a produção de recomendações de políticas públicas ao G20, reunião que acontecerá nos dias 13 e 14 de novembro, na Indonésia. O executivo é o primeiro brasileiro a copresidir o evento.

De acordo com a Vivo, Gebara participa da Força Tarefa que possui desafios de propor políticas públicas aos países membros do G20, desde a definição da conectividade mínima adequada para a inclusão digital, passando pela promoção da digitalização da economia de forma a aumentar a competitividade e melhorar os serviços públicos, até a definição de protocolos mínimos de segurança cibernética.

O executivo também deverá propor a promoção da digitalização da economia “de forma a aumentar a competitividade e melhorar os serviços públicos“. Ele também levará ao G20 sugestões de definição de protocolos mínimos de segurança cibernética.

O presidente da Vivo irá comandar a reunião da força tarefa que está para acontecer no próximo dia 14 de março. Formam a presidência da Força Tarefa de Digitalização o presidente da Ericsson, Börje Ekholm; Cem Dener, líder de governança do Banco Mundial; Hans-Paul Bürkner, diretor do Boston Consulting Group (BCG); Andre Soelistyo, CEO do GoTo Group; Michael Punke, vice-presidente de políticas públicas da Amazon; e Wang Jian, fundador da divisão de cloud do Alibaba.

LEIA TAMBÉM:

–> Assinantes da Claro e Vivo terão acesso ao Telecine através do Globoplay

–> Clientes da Vivo estão tendo seus planos alterados sem autorização; entenda

–> Vivo lança Semana do Consumidor com ofertas em smartphones e acessórios

O fórum é formado por membros dos países participantes do G20: Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Coreia do Sul, México, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Turquia, Reino Unido, Estados Unidos e União Europeia. No entanto, não essa composição pode ser alterada devido à guerra na Ucrânia com a invasão da Rússia.

Como integrante do grupo, o Brasil alcançou 81% de conexão digital, principalmente via o celular, estimulado após a pandemia.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários