18/05/2022

TIM abre vagas de trabalho para trans e travestis e oferece graduação gratuita

Por meio do Transforma TIM, a operadora abriu as inscrições para emprego em lojas do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais; saiba mais.

Nesta terça-feira (18), a TIM informou que estão abertas as inscrições para o Transforma TIM, programa criado para a inclusão de pessoas transexuais no mercado de trabalho. O processo seletivo é conduzido pela consultoria Transcendemos. Há vagas em lojas da operadora no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, além de oportunidade de trabalho remoto para call center.

O projeto também conta com a parceria da Ampli, edtech de ensino digital da Kroton, que oferecerá bolsas de 100% na graduação das pessoas que forem aprovadas e contratadas na seleção.

As inscrições para as vagas de trabalho podem ser feitas até 31 de janeiro pelo site do Transforma TIM. Para participar do processo, o candidato precisa apenas ter completado o ensino médio. As pessoas que não forem contratadas, “serão indicadas para oportunidades no parceiro comercial de televendas e farão parte do banco de talentos LGBTI+ da TIM”, de acordo com comunicado da operadora.

O projeto reforça o compromisso da TIM com a população LGBTI e está conectado ao Dia Nacional da Visibilidade Trans (29/01). A iniciativa é voltada para a empregabilidade da comunidade que enfrenta grandes desafios para sobreviver. De acordo com a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), 90% das pessoas trans no país sobrevivem por meio da prostituição, uma vez que são alvos de discriminação quando buscam emprego nas empresas.

LEIA TAMBÉM:

–> TIM anuncia novo diretor responsável pela área de marketing

–> 5G: TIM realiza os primeiros testes da tecnologia VoNR na América Latina

–> TIM, Vivo, Claro e Oi são acionadas pelo Ministério Público da Bahia; saiba por que

Giacomo Strazza, head de desenvolvimento, educação e inclusão no RH da TIM, destaca que a ação afirmativa está em linha com o compromisso da operadora a favor da cultura organizacional mais inclusiva e de uma sociedade livre de preconceitos. “É uma realidade que nos impacta, mas – ao mesmo tempo – nos motiva a buscar soluções para transformá-la”, comenta Strazza.

“No ano passado, aderimos ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTI e estamos focados na inclusão e na ampliação de da representatividade de pessoas LGBTI no mercado de trabalho. O programa Transforma reflete nossos valores – coragem, respeito e liberdade, que também estão presentes no cotidiano das pessoas trans”, acrescenta.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários