YouTube pode lançar novo recurso em breve

Ferramenta vai permitir que os usuários possam assistir vídeos únicos de forma infinita.

De acordo com rumores, o Google pode estar desenvolvendo um novo recurso para o YouTube que permitirá aos usuários repetir um mesmo vídeo de forma infinita.

A ferramenta de “looping” é comum em streamings de música, como o Spotify ou Deezer, mas não em serviços de vídeo.

Com a função de repetição, seria possível escutar uma música lo-fi de forma indefinida enquanto trabalha, rever várias vezes um vídeo de algum meme ou utilizar o recurso para exibir propagandas em looping em alguma loja.

A descoberta do novo recurso foi feita por desenvolvedores analisando o código fonte do aplicativo do YouTube para o sistema Android.

VIU ISSO?

–> Netflix, Disney+, YouTube e outros podem sofrer bloqueio

–> Conmebol está negociando com Facebook, YouTube e Amazon, diz site

–> Vivo TV disponibiliza acesso ao YouTube via decodificador

Eles encontraram as strings com as funções de ligar e desligar o looping nos controles de reprodução do app.

Hoje, a única maneira de repetir um vídeo no Youtube é por meio de uma “gambiarra”.

Para isso, o usuário precisar criar uma playlist (podendo ser privada ou pública), adicionar um vídeo (ou vários deles) nela e clicar na opção “Repetir Playlist”.

Apesar da descoberta dos programadores, o Google ainda não emitiu nenhum comunicado oficial sobre o desenvolvimento ou intenção de lançamento da nova ferramenta.

Da mesma forma, também não há qualquer informação sobre possíveis testes ou quando a função será disponibilizada para os usuários.

Por enquanto, a única novidade da plataforma de vídeo é a tributação de canais localizados fora dos Estados Unidos, algo que afeta também os youtubers brasileiros.

A partir de junho, aqueles canais brasileiros que têm visualizações de usuários nos EUAs terão que reter até 30% de tributos norte-americanos dos lucros gerados em anúncios pelo programa AdSense.

Os criadores de conteúdos para o YouTube deverão enviar informações fiscais até o dia 31 de maio de 2021 para se adequarem à nova norma.

Com informações de XDA Developers.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários