Início5GTV aberta via satélite deverá desocupar espectro da Banda C para o...

TV aberta via satélite deverá desocupar espectro da Banda C para o 5G

Anatel fez chamamento público para que os canais de TV aberta e gratuita via satélite em Banda C façam a migração para a banda KU.

É esperado que a chegada da quinta geração de internet móvel faça grandes mudanças em diversos segmentos da sociedade. O 5G irá trazer efeitos colaterais para outros serviços, como a TV aberta via satélite (TVRO), onde terá que migrar para outro espectro, uma vez que a utilizada pelo serviço foi liberada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para uso da nova tecnologia.

Com isso, as operadoras móveis deverão fazer a substituição das parabólicas para outro tipo de antenas, sem cobrar nada por isso. De acordo com Joyce de Andrade, proprietária da SKY Passo Fundo SAT, em posicionamento dado à Rádio Uirapuru, o espectro utilizado pela TV aberta via satélite é da Banda C.

Se o 5G e a TV aberta ocuparem a mesma faixa, pode ser que ocorra interferência, o que poderia prejudicar o funcionamento das duas tecnologias.

Ela explica que o processo de substituição é inevitável e as pessoas já podem fazer a migração para outra forma de assistir TV aberta. Joyce de Andrade também explica que as antenas parabólicas tradicionais, redonda, grande e com tela de ferro deverão ser substituídas por uma menor, no mesmo formato, mas de lata, para evitar que sofram danos provocados pelo tempo.


LEIA TAMBÉM:

–> Anatel e Embraer analisarão possível interferência do 5G em aviões no Brasil

–> Anatel libera lista com os aparelhos homologados compatíveis com o 5G

–> Velocidade de upload e download do 5G reduziu em um ano, segundo relatório

Anatel faz chamamento para a desocupação do espectro da banda C

Na semana passada, a Anatel publicou no Diário Oficial da União o chamamento público para a migração de canais de TV aberta e gratuita para satélite na Banda Ku. Ou seja, a agência inicia o processo de substituição da TV aberta que usa a Banda C, que será usada pelo 5G.

O órgão regulador relata exatamente o problema comentado por Joyce de Andrade. O chamamento é realizado a partir de uma determinação do presidente do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz.

SourceAnatel
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários