InícioEconomia e NegóciosMembros do Congresso detonam fusão entre Discovery e WarnerMedia nos EUA

Membros do Congresso detonam fusão entre Discovery e WarnerMedia nos EUA

Legisladores solicitam uma investigação minuciosa em relação à fusão das duas companhias, por motivo de mercado monopolizado; saiba mais.

De acordo com site Los Angeles Times, mais de 30 membros do democratas do Congresso nos Estados Unidos estão se mostrando contra a fusão entre a WarnerMedia e a Discovery. Os legisladores apresentaram uma carta nesta segunda-feira (06), onde afirmam que a consolidada transação “levanta preocupações antitruste significativas” e solicita uma avaliação mais minuciosa da divisão antitruste do Departamento de Justiça dos EUA.

A fusão entre a WarnerMedia e Discovery foi anunciada em maio, e até então, não tinha encontrado muitas dificuldades ao tempo que o processo ia avançando, podendo encontrar uma turbulência nesse momento.

“A fusão ameaça aumentar o poder de mercado da empresa combinada e diminuir substancialmente a concorrência na indústria de mídia e entretenimento, prejudicando tanto os consumidores quanto os trabalhadores americanos”, de acordo com a carta.

Há algum tempo, o presidente-executivo da WarnerMedia e do Discovery, David Zaslav, já havia argumentado que o negócio não é anticompetitivo, uma vez que a Discovery é muito menor do que a Warner.

Além disso, Discovery tem apostado na “programação de não ficção” de baixo orçamento, enquanto que HBO e Warner Bros tem investido em produções de grande orçamento, como “Game of Thrones”, “Wonder Woman”, “Godzilla vs. Kong , ”“ A Teoria do Big Bang ”e os filmes de Harry Potter.


LEIA TAMBÉM:

–> Associação Neo pede que a fusão da Warner e Discovery seja recusada

–> Discovery chega ao Brasil com mais de 1.650 títulos em seu catálogo

–> WarnerMedia e Discovery podem mudar o nome da HBO Max

Outra preocupação de um dos legisladores é a restrição ainda maior de oportunidade de mídia para latinos que o sindicato Discovery-WarnerMedia pode ter. “A indústria de mídia e entretenimento já sofre com a falta de representação hispânica em sua força de trabalho”, observou a carta.

Na carta, os legisladores também afirmaram que as empresas pós-fusão abandonaram posteriormente suas promessas de entrega de valor aos consumidores.

“Finalmente, a recente consolidação no mercado de mídia e entretenimento levou a preços mais altos para os consumidores, e muitas vezes as partes em fusão não entregaram benefícios e quebraram as promessas feitas ao público, ao Congresso e aos responsáveis ​​pela defesa da concorrência”, escreveram eles.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários