Bancos vão cobrar pelo uso do Pix no mercado corporativo

Somente em maio passado, o novo sistema registrou mais de 478 milhões de transações.

Bancos vão cobrar pelo uso do Pix no mercado corporativo

Como já era esperado, os principais bancos do país começaram a cobrar por transações do Pix realizadas por pessoas jurídicas. Agora, cada movimentação feita no mercado corporativo terá a cobrança de uma tarifa com custo de até R$ 10.

Na lista de bancos que vão cobrar pelas transações do PIX estão o Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander. Por enquanto, a Caixa Econômica é a única instituição financeira tradicional que não cobrará pelas transferências instantâneas.

O Banco do Brasil, por exemplo, cobrará das empresas a taxa de 0,99% do valor da transação realizada pelo Pix, com o valor mínimo de R$ 1 e o máximo R$ 10. No Bradesco, a taxa é de 1,4%, com tarifas entre R$ 1,65 e R$ 9.

O Itaú tem a taxa mais alta, de 1,45%, com tarifa mínima de R$ 1,75 e máxima de R$ 9,60. Já o Santander, cobrará 1% do valor da transação, com tarifa entre R$ 0,50 e R$ 10,00.

VEJA TAMBÉM:

–> Vivo, Claro, Oi e TIM já somam 1 milhão de recargas feitas pelo PIX

–> Usuários já podem usar o Pix pelo WhatsApp

–> Jovens entre 18 e 30 anos são os que mais utilizam o PIX no Brasil

No caso das fintechs, como o Banco Inter, Nubank e Original, o Pix continuará gratuito para o mercado corporativo. Vale ressaltar que, apesar da cobrança de taxa para o mercado corporativo pelos bancos tradicionais, o Pix ainda se manterá gratuito para pessoas físicas.

De acordo com a Febraban (entidade que congrega os bancos), as transações pelo Pix já representam 30% de todos os pagamentos e transferências feitas por pessoas físicas e jurídicas no país. O Banco Central afirma que a nova forma de pagamentos já supera os meios tradicionais, como DOC ou TED.

Os usuários do Pix já movimentaram mais de R$ 1 trilhão. Somente em maio passado, foram R$ 307 bilhões em transações em 478,6 milhões de operações.

Com informações de Mobile Time.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários