WhatsApp ‘volta atrás’ em decisão polêmica sobre privacidade

Aplicativo cogitou limitar funções de seus usuários e motivou debates mundo afora sobre o quanto as novas políticas seriam invasivas ou não.

Ícone 3D do WhatsApp
Imagem: Divulgação Pixabay

Nos últimos meses, o WhatsApp despertou uma polêmica mundial ao anunciar que alteraria suas políticas de privacidade.

Na prática, os usuários terão que aceitar um compartilhamento de dados com o Facebook, empresa controladora do app. A companhia chegou até mesmo a afirmar que limitaria funções de quem não concordasse com a ‘novidade’.

Mas, voltou atrás por consideração aos inúmeros debates realizados em diversos países.

No ano passado, a gigante da tecnologia se defendeu ao afirmar que as conversas entre pessoas no aplicativo não seriam afetadas em nada. Todas continuam criptografadas.

Entretanto, o mesmo não pode ser dito quando o consumidor do WhatsApp dialoga com uma empresa.

VEJA TAMBÉM:

–> Usuário pode desabilitar visualização de áudio no WhatsApp

–> Google e operadoras brasileiras lançam concorrente do WhatsApp
 
–> Passo a passo: Aprenda como enviar dinheiro pelo WhatsApp

Ao aceitar a nova política, dados como número de telefone, dados de transações, IP e outras informações pessoais são compartilhados com o Facebook.

Uma política que gerou debates mundo afora e até mesmo tentativas de intervenções por parte de várias entidades.

Para que fique uma melhor compreensão: sempre que um usuário conversa com uma empresa ele precisa de um intermediário.

É nessa parte que entra o Facebook, na oferta do serviço do WhatsApp e também com acesso aos dados dos seus clientes.

Na visão de especialistas, os usuários precisam ter uma clara compreensão do que está sendo feito com suas informações pessoais.

A advogada Patricia Peck fala até em ‘prática abusiva’, visto que a nova política de privacidade deixa de garantir a proteção da criptografia aplicada nas conversas.

Portanto, é uma mudança que fica sim restrita ao WhatsApp Business.

A forma como as empresas de tecnologia tratam dados pessoais é um tema que gera muito debate mundo afora.

Especialistas do mundo inteiro seguem ‘na cola’ das gigantes tecnológicas a fim de entenderem se elas realmente têm consciência de como tratam os dados de seus usuários.

Com informações de CNN Brasil

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários