InícioTV por AssinaturaClaro TV amplia abertura de canais até final de junho

Claro TV amplia abertura de canais até final de junho

Iniciativa visa garantir a informação de usuários durante o período de pandemia.

Claro TV amplia abertura de canais até final de junho

A operadora Claro ampliou até 30 de junho de 2021 o período de sinal aberto dos canais GloboNews, BandNews e CNN Brasil.

O benefício da degustação dos canais de notícias visa garantir a informação dos usuários durante o período da pandemia.

A iniciativa começou em março do ano passado, quando a Claro e outras operadoras liberaram uma lista de mais de 100 canais fechados para os assinantes da TV Paga, como forma de garantir o entretenimento doméstico durante o isolamento social.

Cerca de 60 dias após a liberação do benefício as operadoras começaram a reduzir o número de canais, resumindo para 21 emissoras que tinham na programação conteúdos jornalísticos ou infantis.


VIU ISSO?

–> Claro box tv será disponibilizado em outros países da América Latina

–> Novo canal é disponibilizado no pacote básico da Claro TV

–> IPTV da Claro acrescenta mais um serviço de streaming ao catálogo

A lista incluía os canais GloboNews, Bloomberg Television, Record News, BBC World News, CNN Brasil, CNN International, BandNews, Discovery Kids, Cartoon Network, Boomerang, Nickelodeon, Nick Jr., Nat Geo Kids, ZooMoo, Disney Channel, Disney Junior, Disney XD, Gloob, Tooncast, Baby TV e TV Rá-Tim-Bum.

Em agosto, a lista foi reduzida para 18, com o fim do período de sinal aberto dos canais da Disney.

Nos últimos meses, foi encerrado o sinal aberto de todos os canais infantis.

O mesmo ocorreu para alguns canais jornalísticos, como o Bloomberg Television, Record News, BBC World News e CNN International, ficando apenas os três atuais.

Ao mesmo tempo, a palavra “degustação” também foi ganhando cada vez mais destaque no site da operadora e o “Covid-19” foi recebendo menos destaque, até que ele foi totalmente suprimido da página.

Vale ressaltar que a liberação de canais não depende apenas das operadoras, mas também de acordo com as programadoras de TV, que precisavam continuar com a oferta de seus serviços para a manutenção da programação.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários