5G vai fazer jovens se interessarem pelo trabalho no campo, diz ministra

Tereza Cristina afirma que a conectividade de nova geração trará benefícios não apenas na área de produção agrícola, mas também na social.

5G vai fazer jovens a se interessarem pelo trabalho no campo, diz ministra

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, afirmou que a chegada do 5G no Brasil poderá fazer com que os jovens voltem a se interessar pelo trabalho no campo.

Segundo ela, a conectividade na agricultura vai trazer grandes benefícios não apenas para a produção do setor, mas também para a área social.

“[Com a interatividade] ele [o agricultor] vai poder interagir com as áreas urbanas. Tenho muita esperança de que o jovem se interesse em voltar para o campo para trabalhar com seus pais. A nossa população rural está envelhecida e precisamos de mais jovens trabalhando no campo. Com essa ferramenta [o 5G], tenho uma esperança muito grande de trazer esse jovem para o campo novamente”, explicou Cristina.

Ela estimou que 60% dos produtos rurais já estão conectados.

VEJA TAMBÉM:

–> Quase 9 mil localidades no Brasil ainda não contam com 3G ou 4G

–> Bolsonaro edita MP que impulsiona banda larga em áreas rurais

–> 4G no Brasil precisa melhorar nas áreas rurais, aponta OpenSignal

Com a implantação do 5G, ela espera que a situação melhore, democratizando o acesso móvel de forma mais rápida.

Recentemente, os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e das Comunicações, apresentaram um estudo da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), no qual afirma que apenas 23% das áreas rurais brasileiras contam com o sinal da internet móvel.

O estudo também apontou que o Brasil pode ter um incremento de R$ 100 bilhões no valor da produção agropecuária ao ampliar para 90% a cobertura móvel (2G, 3G e 4G) nessas regiões até 2026.

Entretanto, seria necessária a instalação de 15.182 novas torres de telefonia em todo o Brasil para tal.

“O novo paradigma do agro no mundo sem dúvida será suportado pelo digital. Temos um cenário desafiador pela frente. Nosso produtor rural demanda tecnologia e está apto para receber mais inovação”, afirmou a ministra

Com informações de Agência Brasil.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários