Início5G5G poderá ser utilizado para transmitir TV aberta

5G poderá ser utilizado para transmitir TV aberta

Novo padrão permitirá que operadoras de telefonia irradiem o sinal de programação por meio da rede móvel.

5G poderá ser utilizado para transmitir TV aberta

A fabricante americana Qualcomm está empenhada em não apenas desenvolver tecnologias para o uso do 5G na telefonia móvel, mas também em um novo padrão que poderá ser utilizado na transmissão da TV aberta.

Chamado de “5G Standalone Broadcast”, a padronização está sendo realizada pela entidade global 3GPP e poderá ser adotada em todo o mundo para transmitir a programação televisiva.

A tecnologia poderia ser utilizada não apenas por empresas radiodifusoras, mas também por operadoras de telefonia móvel.

A diferença é que os radiodifusores poderão utilizar a infraestrutura de torres próprias por meio da frequência de 600 MHz.


VIU ISSO?

–> AgroMais e BandNews transmitem 1º link 5G ao vivo da TV brasileira

–> Claro e Band irão realizar a primeira transmissão esportiva em 5G do país

–> TCU encontra possíveis ilegalidades no edital do 5G

Já as operadoras irradiariam os sinais da TV aberta por meio de uma rede móvel, na faixa de 3,5 GHz.

O novo padrão da Qualcomm foi selecionado pelo “Fórum Brasileiro de TV Digital” para iniciar os testes de um projeto piloto no Brasil ao longo de 2021.

Porém, ele não é o único padrão que poderá ser adotado pela TV aberta no país.

O Brasil também avalia a possibilidade de utilizar o ATSC 3.0 (modelo norte-americano), o DTMB-A (da China) ou o “Advanced ISDB-T” (do Japão).

Este último, inclusive, é mais próximo do atual padrão brasileiro de TV.

O uso do 5G na TV aberta seria uma maneira de compensar a perda de frequência dos radiodifusores para o setor de telecomunicações.

Vale lembrar que a faixa de 700 MHz, antes utilizada pela TV analógica, foi repassada para ser usada na telefonia móvel, por ter maior alcance de cobertura e melhor poder de penetração em prédios.

Assim, com a chamada “TV 3.0”, as emissoras querem garantir espectro para implementar novos modelos de negócios para a TV aberta.

Com informações de Telesíntese.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários